<
>

Paris Saint-Germain se vinga do Guingamp com goleada histórica e show de Neymar, Mbappé e Cavani

O Guingamp eliminou o Paris Saint-Germain na Copa da Liga Francesa, mas no confronto da Ligue 1 ficou longe de dar trabalho.

Na partida deste sábado, pela 21ª rodada do Francês, Neymar e companhia não deram a menor chance para o adversário pensar em aprontar mais uma vez no Parc des Princes. O placar não deixou dúvidas de que o resultado na Copa foi um acaso: PSG 9x0 Guingamp.

O resultado iguala a maior vantagem já estabelecida no placar pelo PSG em toda sua história. Em 2016, contra o Troyes, a diferença foram os mesmos nove gols.

O PSG, agora com dois jogos a menos que o segundo colocado Lille, lidera com 53 pontos, confortáveis 13 a mais que o rival mais próximo. Já o Guingamp, com 14 pontos, é o lanterna do campeonato.

RESOLVENDO NO COMEÇO

Neymar precisou de 10 minutos para abrir o placar com um belo gol. Daniel Alves cruzou de pé esquerdo para o camisa 10 dominar, cortar o defensor com um toque e bater de primeira para colocar o 1 a 0 no placar.

O domínio continuou e o segundo saiu aos 36. Neymar tabelou com Mbappé e o francês bateu de perna direita para ampliar.

Como se as coisas já não estivessem fáceis demais, o zagueiro Eboa Eboa se atrapalhou ao tentar afastar a bola que rondava a área do Guingamp e ela sobrou para Mbappé anotar o segundo dele no jogo, fazendo 3 a 0 ainda no primeiro tempo.

CASTIGANDO

O Paris Saint-Germain só teve duas derrotas nesta temporada: para o Liverpool, na Champions League, e na eliminação diante o Guingamp. E é claro que o líder do francês não ia “tirar o pé” tendo a chance de se vingar.

Aos 13 da segunda etapa Neymar abriu para Bernart que passou de primeira para Cavani chegar batendo e ampliar, adicionando o dele na goleada.

O artilheiro uruguaio não se contentou com apenas um gol e deixou o segundo pouco depois, aos 21. Desta vez ele anotou de cabeça, completando o cruzamento de Di María.

Cabia muito mais e Neymar não quis ficar atrás de Cavani e Mbappé, que haviam marcado duas vezes cada. Aos 24, mais um erro da defesa dos visitantes e Draxler tocou rápido para Mbappé, que acionou Neymar. O camisa 10 tirou todo mundo com um toque e arrematou para anotar o sexto.

Acabou? Que nada!

Cavani completou seu hat-trick aos 30, em lance que precisou da confirmação do VAR, e Mbappé também fez seu nome aparecer três vezes na lista dos gols marcando o oitavo dois minutos mais tarde, enquanto Meunier fechou o atropelamento aos 35.

NA SEQUÊNCIA

O PSG volta aos gramados na quarta-feira, às 18h05 (de Brasília), contra o Strasbourg, agora pela Copa da França. Pelo Campeonato Francês, o próximo compromisso é contra o Rennes, no próximo domingo.