<
>

Salah faz seu gol 50 na Premier League, Liverpool aproveita bobagem de goleiro do Palace e evita zebra em Anfield

Mohamed Salah, Roberto Firmino e uma bela dose de sorte.

O Liverpool entrou no gramado de Anfield para evitar repetir o que o Manchester City fez na Premier League: perder em casa para o Crystal Palace. E não foi nada fácil: vitória apertada por 4 a 3.

No primeiro tempo, os Reds dominaram a posse de bola, mas foi o Palace que mandou no placar. Depois de grande contra-ataque puxado por Zaha, Townsend aproveitou cruzamento e abriu o placar aos 34 minutos.

Loucuras de um segundo tempo

Depois do intervalo, o jogo pegou fogo, e o Liverpool conseguiu a virada em apenas oito minutos - primeiro com Salah, que ficou com o rebote de um chute de Van Dijk e deu de bico para marcar; depois com Firmino, que encarou a marcação dentro da área e bateu para fazer 2 a 1.

E a insanidade não parou por aí.

Aos 20, a defesa do Liverpool não conseguiu cortar cobrança de escanteio, e o zagueiro Tomkins subiu sozinho para deixar tudo igual mais uma vez.

A bobagem que colocou Salah na história

Foi então, com 2 a 2 no placar, que a sorte resolveu aparecer para o time de Jurgen Klopp. Uma bola cruzada da direita, que parecia fácil para o experiente goleiro Julián Speroni. Mas o argentino de 39 anos não conseguiu cortar. Pior que isso. Ele mandou para o próprio gol, e Salah desviou a bola sobre a linha para fazer 3 a 2.

Foi o gol de número 50 do egípcio na Premier League - são dois pelo Chelsea e 48 pelo Liverpool. Ele se tornou o 8º africano a atingir a marca, além de ser o 4º jogador com menos partidas para passar dos 50 gols - em 72 jogos, ao lado de Fernando Torres.

Além disso, Salah se isolou de vez na artilharia de 2018-19. São 16 gols na temporada, dois a mais que Aubameyang, do Arsenal, e Harry Kane, do Tottenham.

Para terminar, o Liverpool ainda aumentou o placar nos acréscimos. Mané arrancou sozinho pela esquerda e bateu colocado, para fazer 4 a 2.

O Palace conseguiu descontar nos segundos finais do jogo. A defesa dos Reds se desconcentrou, o alemão Max Meyer ficou com a bola dentro da área e bateu para fechar o placar em 4 a 3.