<
>

Coutinho recebe críticas pesadas de jornal e até de assistente do Barcelona: 'Ninguém sente falta dele em Liverpool'

Philippe Coutinho até foi às redes nesta quinta-feira e quebrou um jejum de nove jogos com a camisa do Barcelona. Mas não evitou a derrota para o Levante por 2 a 1, recebendo críticas pesadas.

“Se o resultado é preocupante, mais ainda é a partida de Coutinho. A contratação mais cara da história do Barcelona segue cabisbaixa, sem brilho, nem um rastro de faísca. O brasileiro, que com certeza ninguém sente falta em Liverpool, acaba de completar um ano no Barça em que deixou bons momentos e gols. Mas seu momento atual convida ao pessimismo. Apesar do gol que marcou, fez muito pouco para quem tem que ser um craque”, publicou o Marca.

“Quis carregar a equipe nas costas, mas fez aos trancos e barrancos, lutando sozinho e dando pouca continuidade ao jogo. Atravessa um momento preocupante e sua obsessão por repetir a mesma jogada não o ajuda a tirá-lo do buraco”, escreveu o Sport.

Até mesmo Jon Aspiazu, auxiliar do treinador Erneste Valverde, criticou o brasileiro, ainda antes da partida.

“Não está no mesmo nível do ano passado. Dembelé o passou por pouco”, disse

Coube a Valverde defendê-lo.

“Quando Dembelé não estava jogando, todos perguntavam por ele. Agora é o mesmo, mas ao contrário. O que os jogadores têm que fazer é trabalhar para reverter a situação. Coutinho nos deu muito, nos dá muito e nos vai dar muito”, disse.