<
>

Militão tem multa ainda mais alta, de R$ 319 milhões, e faz Real esperar 'desconto', diz jornal

Éder Militão foi apontado como um dos possíveis alvos do Real Madrid na janela de transferências do verão europeu. Mas se o time espanhol realmente quiser contar com o brasileiro, é bom preparar os cofres.

De acordo com o jornal O Jogo, de Portugal, o Porto já avisou o Real que só vai negociar pelo valor total da multa rescisória. Acontece que esta multa sobe no mês de janeiro e não seria apenas os 42 milhões de euros (R$ 179 milhões) especulados, mas sim de 75 milhões de euros (R$ 319,63 milhões).

Tal valor deve fazer o Real Madrid recuar e esperar para voltar a negociar pensando na janela do meio do ano. Em fevereiro o preço pelo jogador já voltaria para os 50 milhões de euros (R$ 213,09 milhões).

Além disso, o Real pode aguardar o resultado da disputa entre Porto e Roma pelas oitavas de final da Uefa Champions League para retomar as negociações pelo brasileiro. Os dirigentes portugueses já sabem que dificilmente conseguirão segurar Militão para a próxima temporada.

O São Paulo ainda mantém 10% dos direitos econômicos do jogador e pode faturar em uma eventual venda.