<
>

Buffon revela que sofreu com depressão e ataques de pânico na Juventus

Buffon atuando pelo PSG Getty Imahes

Ganhar 23 troféus - incluindo uma Copa do Mundo - não garante a felicidade ou a saúde mental para ningúem, incluindo Gianluigi Buffon. O goleiro, atualmente no PSG, contou que sofreu com a depressão e uma vez perdeu uma partida pela Juventus por conta de ataque de pânico.

Apesar do sucesso do italiano, Buffon encarou momentos de dificuldade, especificamente durante seus primeiros anos na Juve.

''Por alguns meses, as coisas pararam de fazer sentido. Parecia que ninguém se importava comigo, como pessoa, e apenas como o jogador de futebol que eu representava. Parecia que todos perguntavam sobre Buffon e ninguém sobre 'Gigi' (Gianluigi, seu primeiro nome). Foi um momento difícil'', disse o goleiro em entrevista à Vanity Fair.

Buffon ainda comentou que tinha 25 anos na época e aproveitava a onda de sucesso, mas um dia, antes de uma partida da Série A, ele falou com o treinador de goleiros da equipe e disse 'Ivano, coloque o segundo goleiro para aquecer e jogar, não me sinto pronto'.

''Eu tinha sofrido um ataque de pânico e não tinha condições de jogar a partida''.