<
>

Palmeiras: Felipão confirma interesse em Goulart e diz que sacará cinco nomes do elenco

play
Felipão diz que Goulart está no Palmeiras apenas para se recuperar de cirurgia e brinca: 'Grande jogador; pode deduzir' (0:53)

Atacante do Guangzhou Evergrande segue em tratamento no clube paulista (0:53)

O Palmeiras quer contratar Ricardo Goulart. A informação não é novidade, mas pela primeira vez foi confirmada pelo técnico Luiz Felipe Scolari, que quebra a cabeça para definir quem serão os cinco atletas cortados do elenco para 2019.

“Como disse o Alexandre Mattos, o Palmeiras sempre tem interesse em bons jogadores. O Ricardo Goulart é um bom jogador, dá para deduzir. O clube chinês deu autorização para que fizesse a cirurgia e a recuperação. A recuperação vai durar janeiro, fevereiro e março, quem sabe. Ele tem que recuperar. Só. Esse é o trabalho dele”, afirmou o treinador.

Caso Goulart fosse realmente contratado, o elenco palestrino chegaria a 37 nomes. O atacante, porém, não entra nas contas de Felipão para montar seu plantel neste início de temporada - assim como Willian "Bigode", que se recupera de cirurgia no joelho.

Mesmo assim, o treinador tem 35 opções no momento e deseja trabalhar com no máximo 30 atletas.

“Estamos com um grupo de muito bons jogadores, foi provado ano passado. Se fossemos analisar, temos um grupo ideal, sem problema nenhum se chegar ou sair alguém. Em princípio, tenho 35. Não vou trabalhar com 35. O máximo entre 28 e 30. Jogadores e comissão técnica sabem isso. Com o tempo, vamos ver o que vai acontecer para chegar a esse grupo. Estou totalmente satisfeito”, completou.

À princípio, os cinco atletas que voltaram de empréstimo (Raphael Veiga, Juninho, Fabiano, Allione e Erik), junto com o atacante Yan, apareciam como os principais candidatos a deixar o clube. No entanto, o treinador confirmou que ainda está analisando seus comandados.

“Vamos analisar. Alguns jogadores estou recebendo, como Zé Rafael, Artur, Matheus, Felipe Pires, Carlos Eduardo… Depois tem os emprestados, Erik, Allione, Veiga, Juninho… A gente vai analisar com os treinamentos e depois vou ver", salientou.

"Esses que chegam emprestados, sem uma situação definida por mim ainda, não tenho como inscrever no Paulista. Então, a gente não quer prejudicar, é uma situação diferente. Por isso, vamos esperar os treinamentos e os convites de clubes para saber se libera”, finalizou.