<
>

Técnico da Inter critica 'bad boy belga': 'Coloca três ou quatro coisas na frente do futebol'

O belga Radja Nainggolan voltou a ser assunto na imprensa italiana.

O meia que voltou ao time titular da Inter de Milão na vitória por 1 a 0 contra o Empoli pelo campeonato italiano, foi citado pelo treinador Luciano Spalletti sobre suas atitudes envolvendo o futebol.

"Radja foi escolhido para entrar no jogo porque ele é importante, ele aumenta o nível da partida. Nós o amamos, ele é um garoto sensível e de muitas qualidades positivas. Mas às vezes ele é atraído por outras coisas e se você colocar muitas coisas na frente do futebol, você não ganha. Ele tem 3 ou 4 coisas que coloca na frente do futebol", disse o técnico.

O jogador já foi alvo de outras confusões durante a carreira.

Recentemente o atleta foi suspenso por tempo indeterminado pela equipe por questões disciplinares. Na ocasião, ele chegou atrasado a mais um treinamento e, como já havia desrespeitado o horário em outras oportunidades, os nerazzurri decidiram pela punição.

Logo depois desse episódio de afastamento, o belga teve áudio vazado onde ele demonstrava insatisfação na equipe de Milão e falou abertamente em voltar à Roma, clube que que defendeu por cinco temporadas antes de ir para a Inter.

O belga também já deu fortes declarações sobre a seleção. O meio-campista ficou de fora da Copa do Mundo de 2018 e decidiu se aposentar da equipe. Na época ele havia declarado: '"Eu não vou voltar para a seleção novamente. Eu disse que se eu não fosse para a Copa do Mundo, iria desistir e sou um homem da minha palavra. Fiquei realmente muito desapontado com o fato de ter jogado uma excelente Euro e depois ter sido descartado por nada. Eu nunca exigi que eu tivesse que jogar, eu apenas merecia estar lá no lugar de outros jogadores", afirmou.