<
>

Juventus tenta poupar Cristiano Ronaldo, mas português entra para evitar perda da invencibilidade contra a Atalanta

Com uma distância confortável na liderança do Campeonato Italiano, a Juventus resolveu poupar Cristiano Ronaldo da partida desta quarta-feira, mas a ideia não deu muito certo.

Depois de sair na frente com um gol logo no começo da partida, a Juve levou a virada da Atalanta e foi obrigada a tirar o português do banco de reservas. CR7 entrou e ao menos evitou a perda da invencibilidade, marcando o gol que decretou o empate em 2 a 2.

A Juventus, campeã antecipada do simbólico título de inverno, segue na liderança com 50 pontos, nove a mais que o Napoli, segundo colocado, e 17 na frente da Inter de Milão. Napoli e Inter se enfrentam ainda nesta quarta-feira. Já a Atalanta chega aos 25 pontos, na 7ª colocação.

A partida nem bem tinha começado e os líderes do Italiano saíram na frente, com uma ajuda da defesa adversária. Alex Sandro cruzou para o meio da área e Djimsiti se atrapalhou na tentativa de corte, mandando contra a própria meta.

E o começo foi quente, com Betancur acertando o travessão de Berisha, que voou para dar o desvio e evitar o segundo gol logo aos cinco minutos.

Os donos da casa se recompuseram e começaram a correr atrás da igualdade, chegando com certo perigo em algumas oportunidades na meta defendida por Szczesny. E o empate saiu aos 23 minutos.

Papu Gómez tocou para Zapata na estrada da área, o colombiano girou em cima de Bonucci, que ficou no chão, e bateu cruzado para igualar o marcador.

Cristiano Ronaldo foi para o aquecimento no começo da segunda etapa, e sua presença ficou ainda mais necessária aos oito minutos, quando Betancur fez falta, recebeu o segundo amarelo, e deixou a Juventus com um a menos.

Para piorar para a equipe de Turim, Szczesny saiu para defender com o peito o que seria o gol da virada, aos 11, mas Alejandro Gómez cobrou escanteio e Zapata desviou para a rede, marcando seu segundo gol na partida.

Era hora da folga de Cristiano Ronaldo acabar, e o português foi para o campo aos 19 minutos, na vaga de Sami Khedira.

O camisa 7 mudou o cenário do jogo, deixando a Juventus quase o tempo todo no campo ofensivo, até conseguir o empate aos 32 minutos. O gol saiu depois da bola ser alçada na área da Atalanta em escanteio cobrado por Pjanic, Mandzukic tentou de cabeça, a defesa não conseguiu cortar e ela sobrou para Ronaldo, também de cabeça, completar para a rede.

A virada quase saiu dos pés de Cristiano, que foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro. A bola acabou passando nas costas de Mandzukic, que não conseguiu a finalização. Bonucci ainda chegou a balançar a rede ao completar um cruzamento, mas ele estava em posição irregular no momento do desvio de Alex Sandro, e o gol foi bem anulado.

A Juventus volta a jogar no sábado, às 08h30 (de Brasília) contra a Sampdoria, em Turim. Já a Atalanta, no mesmo dia, viaja para encarar o Sassuolo.