<
>

Felipe Pires: Quem é o atacante que o Palmeiras trouxe do Hoffenheim

play
Jorge Nicola fala sobre valor de Carlos Eduardo, reforço do Palmeiras: 'O Pyramids conseguiu fazer R$ 5 milhões de lucro' (0:49)

O comentarista disse que o clube paulista pagou R$ 25,2 milhões pelo atacante de 22 anos (0:49)

O Palmeiras acertou na última quinta-feira a contratação do atacante Felipe Pires, de 23 anos, por empréstimo. O atleta estava no Hoffenheim, da Alemanha, e é pouco conhecido dos torcedores brasileiros, já que sequer atuou profissionalmente em seu país natal antes de ir para a Europa.

Por isso, a ESPN foi buscar informações sobre o novo reforço alviverde e ouviu muitos elogios por parte de quem o conhece bem no departamento de scouting da equipe da Bundesliga.

“Felipe Pires é um ótimo jogador. É muito rápido e joga direto em direção ao gol”, relatou à reportagem uma fonte do Hoffenheim, que “pescou” o atleta após ótima passagem pelo Red Bull Salzburg, da Áustria, pelo qual o brasileiro foi campeão austríaco e também da Copa da Áustria.

Felipe é um atacante sem posição definida, já que pode atuar em diversos setores do ataque e até mesmo mais recuado, como um meio-campista.

No entanto, a fonte ouvida pela ESPN o vê mais como um atleta de lado de campo, justamente um setor onde hoje o Palmeiras busca se reforçar depois que Willian “Bigode” se lesionou com gravidade no joelho.

“Eu o vejo mais como um winger. É onde ele pode render mais”, explicou, usando o termo bastante popular no futebol europeu para descrever jogadores que fazem o famoso “salseiro” pelas pontas.

Questionado sobre o porquê de Pires ter atuado pouco pelo Hoffenheim, tendo passado a maior parte do tempo emprestado a outras equipes nas últimas temporadas, a fonte foi sucinta.

“A competição (por uma vaga no ataque) era muito grande”, ressaltou.

De fato, o setor ofensivo do time alemão possui vários atletas de nível de seleções europeias e africanas, como Reiss Nelson (Inglaterra), Ishak Belfodil (Argélia), Andrej Kramaric (Croácia) e Ádám Szalai (Hungria), além do brasileiro Joelinton, ex-Sport.

Na atual temporada, Felipe não chegou a entrar em campo uma vez sequer pela equipe da Bundesliga. Sua última partida foi em maio deste ano, contra o Admira Wacker, pelo Campeonato Austríaco, quando o brasileiro ainda estava atuando por empréstimo no Austria Wien.

Em entrevista à ESPN na última quinta, Felipe falou sobre a felicidade de chegar ao Verdão.

"Estou feliz demais, é um sonho se realizando. Graças a Deus", afirmou.

Além de Felipe Pires e Carlos Eduardo, o clube alviverde já oficializou as chegadas do volante Matheus Fernandes (Botafogo), do meia Zé Rafael (Bahia) e do atacante Arthur Cabral (Ceará).

O campeão brasileiro entra em campo para disputar seu primeiro jogo oficial em 2019 às 19h (de Brasília) do dia 20 de janeiro. Na abertura do Campeonato Paulista, a reforçada equipe comandada por Felipão enfrenta o Red Bull Brasil, no estádio Moisés Lucarelli.