<
>

Milan volta a tropeçar e fica no zero com o Bologna pelo Italiano

play
Lucas Paquetá chega a Milão e diz por que escolheu o Milan: 'Por toda a história' (0:28)

A revelação do Flamengo vai reforçar o time italiano (0:28)

Tentando se reabilitar da precoce eliminação na Liga Europa, o Milan visitou o Bologna nesta terça-feira, em duelo que fechou a 16ª rodada do Campeonato Italiano. No Estádio Renato Dall’Ara, porém, os rossoneros voltaram a tropeçar e não saíram do zero com os donos da casa.

O resultado é péssimo para os comandados de Gennaro Gattuso, que, na quarta posição, com 27 pontos ganhos, passam a ter seu posto ameaçado na zona de classificação às competições europeias. O time de Filippo Inzaghi, ex-jogador do Milan, por outro lado, segue na zona de rebaixamento, ocupando a 18ª colocação com apenas 12 pontos somados.

Na rodada seguinte, marcada para o próximo final de semana, os milanistas voltam ao San Siro, onde recebem a Fiorentina. Os rossoblu, por outro lado, viajam para encarar o Parma, fora de casa.

O Milan tomou a iniciativa do jogo no primeiro tempo, mas encontrou muitas dificuldades para levar perigo ao gol defendido por Skorupski. E quando o time rossonero conseguiu finalizar, o goleiro estava lá para segurar.

O Bologna quase não chegou ao ataque, mas, por acaso, foi quem criou as melhores oportunidades dos primeiros 45 minutos. Aos 27, Palacio arriscou de fora da área e Donnarumma caiu para defender no canto esquerdo. Aos 36, o mesmo Palacio arrancou com a bola e só não abriu o placar porque Donnarumma saiu muito bem e voltou a evitar o gol do time da casa.

Já na etapa final, o Milan foi para cima e por pouco não fez o primeiro, aos nove minutos. De sem-pulo, Calhanoglu tentou da entrada da área e viu a bola lamber a trave esquerda.

Se, com 11, já estava difícil, a situação complicou ainda mais quando Bakayoko recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo, deixando o Milan com um a menos, aos 31 minutos de jogo.

E mesmo com a superioridade numérica, o Bologna não foi capaz de chegar ao gol e vencer a partida. Pelo futebol apresentado, o empate acabou sendo justo. Menos mal para o Milan, que segue pressionado.