<
>

Milan protagoniza vexame que não conhecia há 19 anos; veja números da 'seca'

play
Lucas Paquetá chega a Milão e diz por que escolheu o Milan: 'Por toda a história' (0:28)

A revelação do Flamengo vai reforçar o time italiano (0:28)

Contratado do Flamengo neste ano, Lucas Paquetá chegou em um dos períodos mais difíceis da história do Milan. Após perder para o Olympiacos por 3 a 1, na quinta-feira, o time rossonero foi eliminado na fase de grupos da Europa League.

Há 19 anos a equipe italiana não protagonizava um vexame deste tipo: na temporada 1999/2000 ela caiu antes das oitavas de final na Uefa Champions League.

A equipe estava no Grupo H e ficou na lanterna, com apenas 6 pontos ganhos. O líder foi o Chelsea (11), seguido de Hertha Berlin (8) e Galatasaray (7).

Essa vergonha se soma ao fato do Milan não conseguir ganhar um título importante há oito anos, quando venceu o Campeonato Italiano da temporada 2010/2011, sob o comando de Massimilano Allegri. Os astros daquela equipe eram Zlatan Ibrahimovic, Seedorf, Thiago Silva, Robinho e Alexandre Pato. Com uma campanha sólida, o time rossonero venceu a competição com duas rodadas de antecedência.

Na Copa da Itália o jejum é ainda maior. A última conquista aconteceu na temporada 2002/2003 quando bateu a Roma na decisão. O sistema de disputa de finais ainda era em dois jogos. No duelo de ida, o time rossonero fez 4 a 1 e empatou em 2 a 2 na volta.

A última vez que o heptacampeão da Uefa Champions League (é o segundo maior vencedor da história, atrás somente do Real Madrid) venceu a competição continental foi na temporada 2006/2007, quando obteve a revanche contra o Liverpool.

Com campanhas fracas no Campeonato Italiano nas últimas temporadas, o Milan nem sequer conseguiu ir para a Liga dos Campeões depois da temporada 2013/2014, quando foi atropelado pelo Atlético de Madrid nas oitavas de final. O time espanhol venceu por 1 a 0 no estádio San Siro, em Milão, e fez 4 a 1 no Vicente Calderón, em Madri.