<
>

Luiz Gustavo não deve permanecer no Vasco em 2019

O presidente do Vasco, Alexandre Campello não ficou satisfeito com o comportamento do empresário do zagueiro Luiz Gustavo e acredita que a permanência do jogador na próxima temporada, ficou bem mais difícil. A diretoria cruz-maltina enviou uma proposta para renovação do contrato do jogador com um aumento de 30%, mas o representante do defensor não respondeu, nem deu qualquer satisfação aos dirigentes do clube.

Campello disse, ao Jornal Extra, que a falta de resposta sobre a proposta do clube é um indício de que Luiz Gustavo não deseja permanecer em São Januário. O jogador foi contratado como zagueiro, mas acabou improvisado na lateral direita e se firmando na equipe, o que o fez ser incluído no planejamento para 2019, segundo o presidente do Vasco que ainda tem esperanças de que o acordo aconteça. “Pode ser que o jogador mude de opinião. Ele é um nome que interessa ao Vasco”, afirmou o mandatário.

Enquanto não confirma a permanência de Luiz Gustavo, o Vasco já procura outro nome para a posição. O lateral-direito Raúl Cáceres, do Cerro Porteño, já foi sondado. Ele até pode vir para o Vasco em troca do goleiro Martín Silva que está negociando com o clube paraguaio. Com a lesão sofrida por Ramon, a lateral esquerda também virou problema e a comissão técnica sugeriu Danilo Barcelos que pertence ao Atlético-MG, mas que disputou a Série B no ano passado com a camisa da Ponte Preta.