<
>

Libertadores: Torcedor do River morre após ser esfaqueado em comemoração do título

play
Capitão do River Plate apresenta novo visual para a disputa do Mundial de Clubes (0:48)

Leonardo Ponzio deixou o cabelo longo de lado e raspou a cabeça (0:48)

O jovem Exequiel Aaron Neris, de 21 anos, faleceu na última segunda-feira após ser vítima de uma facada já na noite de domingo, logo após comemorar a conquista do título da Copa Libertadores pelo seu clube de coração, o River Plate.

O crime aconteceu em Posadas, capital da província de Misiones, na Argentina.

A polícia local já prendeu dois suspeitos pelo crime: um homem de 26 anos de idade e outro de 18. Os detidos foram flagrados com roupas manchadas de sangue e os policiais encontraram a faca utilizada no ataque em um lixo próximo ao local onde Exequiel sofreu o golpe.

Segundo a mãe do jovem, a motivação do ataque foi mesmo devido a rivalidade entre as torcidas. As autoridades seguem investigando o caso. Em entrevista ao jornal argentino, a mão do jovem afirmou que o filho havia lhe dito que os criminosos realizaram o crime por esse motivo.

“Eles me atacaram por eu celebrar o jogo, por ser fã do River”, teria dito o jovem.

O golpe acabou atingindo a a artéria femoral localizada na perna esquerda do torcedor. Após sofrer o golpe, o jovem teria conseguido correr alguns metros até chegar a casa de um amigo e pedir para que avisasse a sua família. Exequiel chegou a ser levado para o hospital, porém acabou não resistindo.