<
>

Hernanes relembra tricampeonato pelo São Paulo: "Feito marcante"

O tricampeonato brasileiro consecutivo do São Paulo, único clube a atingir tal feito na história da competição, completa dez anos nesta sexta-feira. Um dos ícones daquela equipe, o meio-campista Hernanes relembra com carinho o título consumado no dia 7 de dezembro de 2008.

“A conquista do tricampeonato brasileiro tem um sentimento especial, pois foi o primeiro clube da história a vencer o Brasileirão por três vezes seguidas, algo inédito, e eu lembro sempre desta marca”, afirmou Hernanes à Gazeta Esportiva.

“Por sabermos que o Campeonato Brasileiro é um dos mais disputados do mundo e, como nós fomos o primeiro a conseguir o tri, isso foi um feito marcante e muito especial para mim”, completou o jogador, atualmente no Hebei Fortune, da China.

Aquela campanha também ficou marcada pela superação do Tricolor. Após terminar o primeiro turno em quarto lugar e ver o Grêmio abrir 11 pontos de vantagem na liderança, o time comandado por Muricy Ramalho arrancou na segunda metade do torneio.

Com seis vitórias consecutivas, o São Paulo assumiu a ponta na 33ª rodada e de lá não saiu mais. Para confirmar o título na cidade satélite do Gama (DF), a equipe derrotou o Goiás por 1 a 0, com gol de Borges, artilheiro tricolor na competição.

“Conseguir conquistar um título de qualquer maneira é especial, mas começando atrás e se recuperar, ainda mais tirando 11 pontos de vantagem, com certeza essa conquista foi ainda mais saborosa”, frisou o Profeta.

Autor de quatro gols em 24 jogos e eleito craque do campeonato, Hernanes tem guardados mais frescos na memória três jogos daquela campanha. “Dois que eu fiz gols da vitória, contra o Náutico (1 a 0), no Morumbi, e Botafogo (2 a 1), no Rio de Janeiro. Esses dois jogos foram muito marcantes para mim”, contou.

“E, por fim, a partida contra o Palmeiras (2 a 2), no antigo Parque Antárctica, onde nosso time teve uma grande atuação e jogamos muito bem, apesar de cedermos o empate. Mas ali eu vi que nós tínhamos chances de chegar ao título”, recordou.