<
>

Libertadores: único torcedor do River preso por ataque ao ônibus do Boca é libertado na Argentina

O único torcedor do River Plate preso após o ataque ao ônibus do Boca Juniors antes do segundo jogo da final da Libertadores, que acabou não ocorrendo, foi libertado. Matías Sebastián Nicolás Firpo foi preso dez dias após o ocorrido e libertado somente 48 horas depois da prisão.

O torcedor terá que cumprir dois anos e quatro meses de suspensão em regime domiciliar e mais 180 horas de tarefas comunitárias. Matías não poderá se aproximar do estádio Monumental de Nuñez durante o tempo da sua condenação.

O jogo decisivo da Libertadores ocorrerá neste domingo (09), às 17h, no Santiago Bernabéu, em Madri.