<
>

Saiba qual é a 'regalia' dentro de campo que Cristiano Ronaldo aceitou não ter na Juventus

play
CR7 já é o jogador mais decisivo do Italiano; Kfouri analisa momento e como o craque supera desafios (1:59)

Português retomou o bom nível de futebol jogado (1:59)

Cristiano Ronaldo trocou o Real Madrid pela Juventus em julho, optando por deixar o Santiago Bernabeu para buscar outro desafio final na Itália.

Ele já marcou 10 gols na Série A Italiana, mas também parece ter perdido um privilégio que possuía enquanto jogava em La Liga. O técnico Massimiliano Allegri admitiu que o atacante não faria todas as cobranças de falta da equipe.

"Quando há faltas de longe, Ronaldo pode chutá-las", disse Allegri. "Mas decidimos que Dybala e Pjanic vão cobrar as faltas perto da área."

Veja também: Kfouri analisa momento de Cristiano Ronaldo

E a Sky Sports afirma que Ronaldo aceitou isso na Juventus. Enquanto no Real Madrid, ele insistiria em tomar a maioria das cobranças de falta e penalidades.

Mas, na Juventus, parece que o atacante de Portugal está feliz em dividir a responsabilidade. Enquanto isso, antes de sua transferência para a Juventus, Ronaldo estava ligado a uma transferência para o Bayern de Munique.

E os gigantes da Bundesliga revelaram agora porque se recusaram a atrair o jogador para a Alemanha.

"Teríamos pago essa quantia para ele com os olhos fechados se ele tivesse 24 anos, mas ele tem 33 anos", disse o presidente Uli Hoeness.

Ronaldo deve começar pela Juventus quando enfrentar a Inter de Milão na sexta-feira.