<
>

Kiessling, ídolo do Leverkusen, confessa que enganava clube com testes físicos feitos pela mulher

Kiessling durante jogo entre Bayer Leverkusen e Hannover, pela Bundesliga Getty Images

O ex-atacante Stefan Kiessling, um dos maiores ídolos da história do Bayer Leverkusen, confessou que mentiu em alguns dos testes físicos que realizou em sua carreira, revelando que era sua mulher que se exercitava em seu lugar.

"Nunca fiz 100% dos exercícios nas pré-temporadas de preparação. Nem uma vez sequer", contou o ex-atleta da seleção alemã à revista Sport Bild.

Kiessling explicou como executava sua artimanha.

"Eles te dão um relógio que mede a frequência cardíaca e armazena todos os dados dos exercícios. Como minha esposa é muito atlética, ela fez algumas corridas com essa pulseira, de acordo com as minhas especificações técnicas. E fez tudo tão bem que ninguém nunca percebeu nada", relatou.

O matador se aposentou na temporada passada, aos 34 anos, depois de atuar 12 temporadas pelo Leverkusen.

Desde 1º de outubro deste ano, ele vem trabalhando como assistente de Rudi Völler, diretor esportivo do Bayer.

Durante a carreira, Kiessling também jogou pelo Nürnberg, clube que o revelou.