<
>

Bale diz que mereceu Puskas ganho por Salah: 'Faz o prêmio parecer um pouco menor'

Duas bicicletas, ambas fundamentais para o título do Real Madrid na Uefa Champions League. A dúvida de quem ganharia o Prêmio Puskas da Fifa de gol mais bonito estava entre Cristiano Ronaldo e Gareth Bale, mas o grande vencedor foi inesperadamente Mohamed Salah.

O tento do egípcio contra o Everton não foi exatamente merecedor da honraria, segundo opinou o próprio galês na última segunda-feira. “Sim, fiquei surpreso, para ser sincero. O que se pode dizer?”, afirmou à revista inglesa FourFourTwo.

“Faz o prêmio parecer menor, ainda que tenha sido um ótimo gol do Salah”, Bale, que garantiu ter noção exata do que fez na final da competição europeia.

“Foi instintivo. Eu posicionei meu corpo corretamente, fiz o trabalho dos pés e acertei perfeitamente”, explicou.

“Quando você acerta a bola perfeitamente, você sabe que ela está no alvo. Só precisa torcer para que o goleiro não faça uma defesa inacreditável. Então, na hora que eu chutei, sabia que tinha uma chance de entrar. Se você olhar, eu viro minha cabeça na hora. Sabia onde a bola estava indo”, completou Bale.