<
>

Cristiano Ronaldo faz mais um, e Juventus vence Fiorentina para seguir tranquila no Italiano

A Juventus segue tranquila em sua caminhada no Campeonato Italiano.

Neste sábado, jogando fora de casa, no estádio Artemio Franchi, a equipe de Turim venceu a Fiorentina por 3 a 0, com gols de Bentancur, Chiellini e Cristiano Ronaldo.

Com a 13ª vitória em 14 jogos, a Juve chega aos 40 pontos, aumentando para 11 pontos a vantagem sobre o Napoli, segundo colocado que joga na segunda-feira, contra a Atalanta. Já a Fiorentina, com 18 pontos, fica na nona posição, podendo ser ultrapassada no complemento da rodada.

No primeiro tempo a Juventus pediu pênalti em dois lances que, corretamente, não foram assinalados pela arbitragem.

O primeiro aos 24, quando De Sciglio cruzou e pediu o toque de mão de Biraghi. A arbitragem chegou a rever o lance no monitor, mas entendeu que a bola tocou nas costas do jogador da Fiorentina antes de bater no braço.

Depois foi a vez de Cristiano Ronaldo cair dentro da área em tentativa pela esquerda do ataque, mas desta vez o árbitro Daniele Orsato sequer usou o VAR para apontar apenas o escanteio.

Se em cobranças de falta a bola também não entrava, a Juventus abriu o placar em uma jogada bem trabalhada. Bentancur tocou para Dybala e recebeu na frente. Na entrada da área, ele tirou o marcadou e bateu no cantinho da meta defendida por Lafont, que se esticou e não conseguiu pegar.

No segundo tempo a Juventus começou com Cristiano Ronaldo tentando a finalização antes ainda do primeiro minuto. Aos 10, mais uma chance do português, que parou nas mãos de Lafont, assim como aos 19, em cobrança de falta.

O português passaria perto da bola, mas o segundo gol foi de Chiellini. Aos 24, após uma tentativa da zaga da Fiorentina de afastar, o defensor da Juventus apareceu sozinho dentro da área e finalizar. A bola desviou no goleiro e encobriu Cristiano Ronaldo e o zagueiro para entrar bem no canto.

A defesa da equipe da casa reclamou da arbitragem sobre a posição de Chiellini, mas a transmissão mostrou que a jogada foi regular e o árbitro validou o gol.

Cristiano Ronaldo enfim conseguiria marcar o dele aos 33 minutos, cobrando pênalti anotado após Mandzukic tentar o cruzamento e a bola tocar na mão do brasileiro Vitor Hugo. O português cobrou com a força costumeira e ampliou o marcador, anotando seu 10º gol no Italiano.

A Juventus volta a campo na sexta-feira, no clássico contra a Inter de Milão, em Turim, enquanto a Fiorentina vai encarar o Sassuolo, no domingo, fora de casa.