<
>

Champions League: Atlético de Madrid passa fácil pelo Monaco e se classifica

play
Fantasy: monte toda semana um time de 8 jogadores com os melhores do futebol internacional (0:30)

Você pode montar seu time da Premier League, da LaLiga ou da Uefa Champions League (0:30)

O Atlético de Madrid está nas oitavas de final da Uefa Champions League! A equipe da capital espanhola venceu o Monaco por 2 a 0 nesta quarta-feira, no estádio Wanda Metropolitano, e classificou-se com uma rodada de antecedência no Grupo A da competição.

Os gols da partida foram anotados por Badiashile (contra), com apenas um minuto de jogo, e Griezmann, aos 23 do primeiro tempo, após o argentino Ángel Correa fazer grande jogada e deixar o zagueiro brasileiro Jemerson caído no chão.

Com o resultado, os espanhóis chegam a 12 pontos e assumem a liderança do Grupo A, garantindo a vaga na próxima fase. O Borussia Dortmund, contudo, ainda joga nesta quarta e pode retomar a primeira posição com uma simples vitória sobre o Club Brugge na Alemanha.

Os franceses, por sua vez, ficam na lanterna com um só ponto e precisam torcer contra os belgas – que têm quatro pontos – para ainda sonhar com a terceira colocação, que dá vaga na Europa League.

O duelo marcou o reencontro de Falcao García com o clube do qual é ídolo. A 'lei do ex', entretanto, falhou, pois o colombiano perdeu um pênalti na segunda etapa.

Agora, os comandados de Diego Simeone voltam a campo neste domingo, quando visitam o Girona por LaLiga. Já o Monaco atua no sábado, em casa, contra o Montpellier, pelo Campeonato Francês.

Confira todas as estatísticas desta partida clicando aqui.

Falcao García perde pênalti

Na penúltima colocação da Ligue 1, a equipe treinada por Thierry Henry voltou a demonstrar fragilidade. Os donos da casa não tiveram dificuldade para criar as melhores chances durante todo o primeiro tempo e não demoraram nem dois minutos para abrir o placar.

Logo no início do duelo, Koke avançou sem marcação pelo meio do campo e finalizou da entrada da área. O chute foi desviado por Badiashile e matou o goleiro Benaglio, morrendo no fundo das redes - foi o gol mais rápido da história do clube na competição.

Com extrema tranquilidade, os colchoneros abriram 2 a 0 aos 23 minutos. Ángel Correa fez grande lance pela ponta esquerda, deixou o zagueiro brasileiro Jemerson no chão e cruzou para trás. Griezmann dominou e finalizou com o lado externo do pé, mostrando muita categoria e fechando o placar.

Na segunda etapa, os visitantes tiveram sua principal chance aos 35 do segundo tempo, quando uma finalização explodiu no braço do zagueiro Savic dentro da área. O árbitro não só marcou pênalti como também expulsou o defensor com o segundo amarelo.

Falcao Garcia, ídolo da torcida do Atlético de Madrid, foi para a cobrança e perdoou o ex-clube, chutando para fora.