<
>

Cristiano Ronaldo dá assistência, Juventus vence Valencia e vai às oitavas da Champions League

Matuidi, Mandzukic e Cristiano Ronaldo comemoram gol da Juventus contra o Valencia na Uefa Champions League. Getty Images

Sem sustos, a Juventus venceu o Valencia por 1 a 0 no Juventus Stadium, em Turim, nesta terça-feira, e garantiu a vaga nas oitavas de final da Uefa Champions League.

O único gol do jogo foi marcado por Mario Mandzukic, que completou cruzamento de Cristiano Ronaldo, e balançou a rede na segunda etapa da partida.

A Juventus, com 12 pontos, garante a classificação para a próxima fase, enquanto o Valencia encara o Manchester United na próxima rodada, já sem chances de ir às oitavas.

O JOGO

Como não poderia ser diferente, as primeiras ações ofensivas da Juventus vieram com Cristiano Ronaldo, arriscando de longe, e dando trabalho para Neto.

Em nova investida, Mandzukic dividiu com Diakhaby e ficou sentindo o maxilar. Trombada essa que esquentou o jogo, resultando em amarelo para Bentancur aos 13 minutos.

Os donos da casa ofereciam mais perigo, em cruzamentos na área e bons contra-ataques, até que Cristiano Ronaldo emendou de voleio e assustou o brasileiro Neto.

Mais uma chegada na área, mais uma reclamação: Pjanic se enroscou com Diakhaby, caiu na área, pediu pênalti, mas a arbitragem mandou seguir.

O primeiro perigo do Valencia veio só aos 27 minutos de jogo, após cruzamento na área, e Wass pegando de primeira, mas mandando para fora.

Sem conseguir jogar, o Valencia logo foi amarelado também, após entrada forte de Gayá em João Cancelo. O cartão tira o lateral espanhol da partida contra o Manchester United.

Na medida em que o primeiro tempo se encaminhava para o fim, a Juventus seguia errando passes importantes na última faixa do campo, e quase foi surpreendida: no último lance da etapa, Diakhaby bateu escanteio e obrigou o goleiro Szczesny a fazer uma das defesas mais bonitas do torneio.

No segundo tempo, a Juventus teve Cuadrado no lugar de Alex Sandro, e Cristiano já deu trabalho para Neto em cobrança de falta de muito longe.

O gol da Juve veio aos 59 minutos, após Cristiano Ronaldo receber na esquerda, deixar o zagueiro brasileiro Gabriel Paulista na saudade com uma pedalada desconcertante, e encontrar Mandzukic, sozinho, para completar para o gol.

O Valencia respondeu no minuto seguinte com gol de Diakhaby, mas a arbitragem anulou o tento, assinalando um toque de mão do zagueiro, que ainda recebeu um cartão amarelo.

Com a vantagem, os italianos se soltaram em campo, e deram mais trabalho para Neto, com um chutaço de Dybala e uma cabeçada de Cristiano Ronaldo, na qual o brasileiro foi obrigado a fazer uma linda defesa.

Outro brasileiro, agora Douglas Costa, foi a campo aos 79 minutos no lugar de Paulo Dybala.

Daí em diante, a Juventus só conduziu o resultado até o final, garantindo sua participação nas oitavas de final.

A derrota deixa o Valencia - que encara o United na próxima partida - sem chances de avançar para a próxima fase da Champions League, enquanto a Juventus, já classificada para as oitavas, encara o Young Boys na última rodada.