<
>

Alemanha e vice-campeã do mundo rebaixadas: veja quem subiu, caiu e como ficaram forças do futebol europeu

play
Copa dos Refugiados acolhe 27 nacionalidades, ensina e emociona: 'Para jogar futebol, não precisa falar português' (3:59)

Final no Pacaembu rendeu até vaga em time do Corinthians (3:59)

Disputada pela primeira vez em 2018, a Liga das Nações chegou para movimentar o futebol europeu. Iniciada pouco tempo após o fim da Copa do Mundo, a competição, que teve sua fase inicial encerrada desta terça-feira, mudou completamente o cenário que parecia desenhado após o torneio na Rússia.

Para se ter uma ideia do quão diferente ficou, a França, campeã mundial em 2018, sequer se classificou para as fases finais da Liga das Nações. Enquanto isso, a Croácia, vice-campeã do mundo, como se não bastasse não conseguir a vaga na semifinal, ainda foi rebaixada para a "segunda divisão" do torneio. A equipe ainda terá a companhia da Alemanha, que, depois de decepcionar e ser eliminada na 1ª fase da Copa, também foi muito mal na nova competição e, sem nenhuma vitória em quatro jogos disputados, terminou com apenas dois pontos e sequer conseguiu se garantir como cabeça de chave nas eliminatórias da Eurocopa de 2020.

Por outro lado, Bósnia, Dinamarca, Suécia e Ucrânia conseguiram o acesso e se juntam a Bélgica, Espanha, França e Itália, além de Holanda, Inglaterra, Portugal e Suíça, que em 2019 disputarão a semifinal da primeira divisão do torneio e, quem for campeão, já se garante na Euro em 2020.

Na Série C, os melhores times foram Escócia, Finlândia, Noruega e Sérvia, que disputarão o segundo patamar da Liga das Nações na próxima edição, nos lugares de Eslováquia, Irlanda, Irlanda do Norte e Turquia, seleções que se juntam ao grupo de 15 seleções que ainda conta com Albânia, Belarus, Bulgária, Geórgia, Grécia, Hungria, Israel, Kosovo, Macedônia, Montenegro e Romênia.

No quarto e último grupo do torneio, a próxima edição terá Andorra, Armênia, Azerbaijão, Cazaquistão, Chipre, Eslovênia, Estônia, Gibraltar, Ilhas Faroe, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Moldávia e San Marino

A fase decisiva, exclusiva do "grupo de elite", será jogado em junho de 2019 em Portugal. O sorteio que definirá os confrontos entre Holanda, Inglaterra, Portugal e Suíça será já no mês de dezembro.

CONFIRA COMO FICOU:

Série A

Times: Bélgica, Bósnia, Dinamarca, Espanha, França, Holanda, Inglaterra, Itália, Portugal, Suécia, Suíça e Ucrânia

SUBIRAM: Bósnia, Dinamarca, Suécia e Ucrânia

CAÍRAM: Alemanha, Croácia, Islândia e Polônia

Série B

Times: Alemanha, Áustria, Croácia, Escócia, Finlândia, Islândia, Noruega, País de Gales, Polônia, República Tcheca, Rússia e Sérvia

SUBIRAM: Escócia, Finlândia, Noruega e Sérvia

CAÍRAM: Eslováquia, Irlanda, Irlanda do Norte e Turquia

Série C

Times: Albânia, Belarus, Bulgária, Eslováquia, Geórgia, Grécia, Hungria, Irlanda, Irlanda do Norte, Israel, Kosovo, Macedônia, Montenegro, Romênia e Turquia

SUBIRAM: Belarus, Geórgia, Kosovo e Macedônia

CAÍRAM: Chipre, Estônia, Lituânia e Eslovênia

Série D

Times: Andorra, Armênia, Azerbaijão, Cazaquistão, Chipre, Eslovênia, Estônia, Gibraltar, Ilhas Faroe, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Moldávia e San Marino

SUBIRAM: Belarus, Geórgia, Kosovo e Macedônia