<
>

Um bilhete garantiu reação épica da Holanda contra a Alemanha; veja o que ele dizia

O incrível empate pela Liga das Nações, entre Alemanha e Holanda por 2 a 2, na Veltins Arena, estádio do Schalke 04, ganhou um capítulo curioso.

Foi divulgado um bilhetinho que o técnico holandês Ronald Koeman passou aos jogadores - quando o duelo estava 2 a 1 - sobre mudar a forma como a equipe iria procurar o gol que valeria o empate.

No final da partida, ele assumiu que a ideia de fazer avançar o zagueiro central para a frente de ataque veio dos seus auxiliares. A ideia deu certo, já que o gol saiu com xerife Van Dijk.

"Eles passaram-me uma nota e quando fizemos o 2 a 1 entreguei-a ao Kenny [Tete]. Depois, foi fantástico que o goo do empate tenha surgido através do jogador que mandámos avançar", disse Koeman.

Ao saberem da existência desse bilhetinho, os jornalistas holandeses entraram em campo para encontrar o pedaço de papel que, mais tarde, foi divulgado pela NOS, a televisão pública holandesa.

Os alemães fizeram sua melhor partida na competição, da qual já estão rebaixados, mas viram os holandeses reagirem na segunda etapa e se classificarem.

Os gols foram marcados por Werner e Sané, para a Alemanha e Promes e Van Dijk, para a Holanda.

Com o resultado, a Holanda avançou para a fase final, com sete pontos, os mesmos da França, campeã mundial, que perdeu no saldo de gols. A Alemanha, rebaixada, ficou em último com dois. Os outros classificados são Inglaterra, Suíça e Portugal. Junto com os alemães, Islândia, Polônia e Croácia foram para a Liga B.

Para saber como funciona a fase final da Liga das Nações, clique aqui.