<
>

Alemanha e Bélgica sofrem com 'zica brasileira' e fazem feio na Liga das Nações

As duas últimas pedras no sapato da seleção brasileira acabaram sofrendo na Liga das Nações, o novo torneio disputado pelas equipes europeias.

A Bélgica conseguiu uma das maiores vitórias da história do país em julho, quando eliminou o Brasil de Tite nas quartas de final da Copa do Mundo. Quatro meses depois, porém, acabou eliminada ainda na fase de grupos da competição europeia. E com uma goleada incrível.

Os belgas entraram em campo com 100% de aproveitamento e com a vaga nas mãos. Só uma catástrofe tiraria a seleção das semifinais. E ela aconteceu. A equipe de Hazard e cia. chegou a abrir 2 a 0 no placar, mas tomou uma virada inacreditável e perdeu para a Suíça por 5 a 2.

Com isso, os suíços – que perderam para o Brasil na Copa – ficaram com a vaga nas semis.

A Alemanha, algoz do inesquecível 7 a 1 de 2014, fez ainda mais feio. Mesmo sem entrar em campo pelo torneio, acabou rebaixada à Série B.

A ‘degola’ foi confirmada com a vitória da Holanda por 2 a 0 sobre a França. Assim, os alemães chegam à última rodada não só sem chances de se classificar como também com o rebaixamento decretado.

Foram três jogos no torneio até aqui, com um empate e duas derrotas.

Vale lembrar que a ‘zica’ sobre a Alemanha já tinha funcionado na Copa do Mundo, quando os germânicos deram vexame e sequer passaram da fase de grupos em uma chave teoricamente bem acessível, com México, Suécia e Coreia do Sul.