<
>

De Cristiano Ronaldo a Casemiro: o que esses atletas fizeram com seus primeiros salários

play
ESPN lança Fantasy de futebol internacional (0:30)

Você poderá montar seu time da Premier League da Inglaterra, da LaLiga da Espanha ou da Uefa Champions League (0:30)

Não é segredo para ninguém que os atletas profissionais do mais alto nível ganham muito dinheiro. Mas o primeiro pagamento que essas superestrelas recebem é sempre um choque – assim como no que eles costumam gastar.

De carros caríssimos a camas, passando por investimentos e Yakults, veja no que alguns atletas investiram seus primeiros cheques!

XAVI

O primeiro salário de Xavi veio aos 11 anos, quando ele era apenas um adolescente nas categorias de base do Barcelona. Ele ganhou 4 mil pesetas, que era a moeda da Espanha na época. Com a quantia, o meio-campista comprou uma torradeira para a sua mãe.

CASEMIRO

Assim como muitos atletas brasileiros, Casemiro sofreu com uma infância de poucos privilégios. Um de seus maiores desejos quando criança era comprar Yakult, bebida láctea que era muito cara para o orçamento de sua família. Quando começou a ganhar dinheiro no São Paulo, tratou de matar sua vontade. “Hoje eu brinco com a minha mãe que quando vamos ao supermercado, compramos 80 garrafinhas”, brinca.

SHAQ

Nos Estados Unidos, os atletas não recebem ao jogar por Ensino Médio e Universidade. Mas quando chegam na NBA, ganham milhões logo ao assinar o primeiro contrato. E a ‘bolada’ não foi tratada com naturalidade por Shaquille O’Neal, que torrou seu primeiro milhão de dólares em um dia. Entre as compras, estavam três carros de luxo, parcelas da casa de sua mãe, brincos, anéis e diamantes.

BARNES

Harrison Barnes esteve na mesma situação de ‘Shaq’, mas fez sua primeira compra de maneira mais consciente: comprou uma cama. “Quando eu era pequeno, ter uma boa cama foi algo que eu sempre quis”, justificou, brincando que provou todas as opções da loja antes de se decidir. “Foi como o Natal”.

ZALDÍVAR

O mexicano Ángel Zaldívar subiu para o profissional do Chivas Guadalajara e decidiu usar seu primeiro salário profissional num negócio – mais especificamente, sua sorveteria. Até hoje, ele costuma fazer propaganda em suas redes sociais de sua loja, a “Frozen Fruits”.

CRISTIANO RONALDO

Cristiano Ronaldo não comprou nada em específico, mas fez questão de garantir que sua mãe parasse de trabalhar com seu primeiro salário no Manchester United. “Ela havia sofrido muito e passado por muitas dificuldades”, justificou.