<
>

Vitória fica no empate com Sport e segue na zona de rebaixamento

O Vitória segue na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o time comandado pelo técnico João Burse visitou o Sport, na Ilha do Retiro, e não saiu do 0 a 0 no placar, embora tenha dominado a maior parte do segundo tempo e levado perigo diversas vezes à meta do goleiro Mailson.

Com o resultado, o Sport se mantém fora do grupo dos últimos quatro colocados, aparecendo na 15ª colocação, com 38 pontos, mas podendo ser ultrapassado pela Chapecoense em caso de vitória do time catarinense em cima do Botafogo nesta quinta. Já o Vitória segue seu calvário na Série A, figurando na 18ª posição, com 36 tentos.

Agora, o Vitória terá de correr atrás do prejuízo diante do Atlético-PR, no próximo sábado, às 19h (de Brasília), no Barradão. O Sport, por sua vez, pega o Flamengo, no domingo, novamente na Ilha do Retiro, às 17h.

O jogo – Logo no primeiro minuto de jogo o Sport teve uma grande oportunidade de abrir o placar. Jair se livrou da marcação e da intermediária fez ótimo lançamento para Rogério, que, dentro da área, matou no peito e tentou finalizar de meia-bicicleta, livre da marcação, mandando para fora e deixando o grito de gol entalado na garganta dos rubro-negros.

Já aos 14 minutos foi a vez de Hernane Brocador desperdiçar outra boa oportunidade. Rogério recebeu de Michel Bastos pelo lado direito, levou para a linha de fundo e cruzou na medida para o atacante, que estava dentro da pequena área, mas não conseguiu erguer a perna a tempo para completar para o gol.

Passados os sustos, o Vitória cresceu e tentou equilibrar o confronto. Na reta final, pouco antes de as equipes irem para o intervalo, mais precisamente aos 37 minutos, quando Erick recebeu pela direita, cortou para o meio e bateu para o gol, sem muito perigo. O goleiro Mailson, porém, se atrapalhou ao tentar ficar com a bola e a deixou escapar, mas, por sorte, conseguiu mandar para escanteio antes de os outros atacantes do time visitante completarem.

No segundo tempo só deu Vitória. Desesperados por um triunfo para saírem da zona de rebaixamento do Brasileirão, os baianos por pouco não abriram o placar aos dois minutos, quando o goleiro Mailson foi repor a bola, mas a arremessou na direção da própria meta e teve de correr atrás dela para evitar um gol contra bizarro. Depois, aos dez, foi a vez de Benítez chutar cruzado pela esquerda e ver Eron aparecer no meio do caminho para desviar, mandando para fora.

Depois de tanta pressão por parte do Vitória, o Sport, enfim, reagiu aos 36 minutos, já na reta final do confronto. Aproveitando o desespero dos visitantes por um gol, o Leão explorou o contra-ataque em lindo lançamento de Fellipe Bastos, que encontrou Mateus Gonçalves sozinho. O atacante rubro-negro saiu em velocidade e, cara a cara com o goleiro João Gabriel, acabou carimbando a trave.

Daí em diante o Sport tentou matar a partida, enquanto o Vitória se mostrava bastante desgastado fisicamente. O marcador, contudo, permaneceu inalterado, e ambas as equipes tiveram de se contentar com o empate sem gols na Ilha do Retiro, resultado que obriga os rubro-negros pernambucanos e baianos a seguirem com o alerta mais ligado do que nunca restando agora quatro rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

SPORT 0 X 0 VITÓRIA

Local: Ilha do Reitor, em Recife (PE)

Data: 14 de novembro de 2018, quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (RS – Fifa)

Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO – Fifa) e Rafael da Silva Alves (RS)

Público: 22.652 torcedores

Renda: R$ 214.425,00

Cartões amarelos: Adryelson, Raul Prata e Rafael Marques (Sport); Jeferson, Marcelo Benítez e Léo Gomes (Vitória)

SPORT: Mailson; Andrigo, Ernando, Adryelson e Raul Prata; Jair (Morato), Rogério (Rafael Marques), Michel Bastos e Mateus Gonçalves; Hernane (Fellipe Bastos)

Técnico: Milton Mendes

VITÓRIA: João Gabriel; Jeferson, Ramon, Lucas Ribeiro e Marcelo Benítez; Willian Farias, Léo Gomes e Arouca (Rhayner); Lucas Fernandes (Neilton), André Lima (Eron) e Erick

Técnico: João Burse