<
>

Lionel Messi chega a 566 gols no Barcelona, ultrapassa lenda alemã e persegue marca de Pelé no Santos

Um dos maiores ídolos da história do Barcelona e do futebol mundial, Lionel Messi segue perseguindo recordes individuais no auge de seus 31 anos. Empatado com Cristiano Ronaldo no número de Bolas de Ouro, o craque argentino ambiciona agora uma nova marca, que atualmente pertence a Pelé: a de maior número de gols marcados por um mesmo clube.

No último domingo, na derrota diante do Betis por 4 a 3 pelo Campeonato Espanhol, Messi chegou a 566 gols com a camisa do Barcelona, um a mais que Gerd Muller pelo Bayern de Munique, e se tornou o segundo jogador com mais tentos vestindo uma mesma camisa. Seu novo rival, porém, é ninguém mais ninguém menos que o “Rei” Pelé, autor de 643 gols com o manto do Santos.

Para se tornar o novo recordista em mais um quesito, o camisa 10 do clube catalão precisa marcar 78 gols. E se for levada em consideração a média de gols do argentino desde 2010, superior a 50 tentos, Pelé ficará no posto mais alto do pódio por cerca de mais duas temporadas antes de ser superado. Vale ressaltar que o vínculo atual de Messi com o Barcelona tem duração até 2021.

Grande rival recente de Lionel Messi na disputa por prêmios individuais, Cristiano Ronaldo é o quinto quando se trata do número de gols marcados por um mesmo clube. Com as 450 vezes que balançou as redes pelo Real Madrid, o atual camisa sete da Juventus está, além dos três primeiros, atrás apenas do compatriota Eusébio, autor de 473 gols pelo Benfica.