<
>

Federação Paulista faz festival de futebol para garotas e promete novas categorias, mas evolução será de 'trás para frente'

Nos próximos dias 19 e 20 de novembro, a cidade de Araraquara receberá 13 equipes de futebol feminino com idade de 14 anos para um festival de exibição. O propósito é um só: estimular a modalidade em busca de renovação.

Hoje, as categorias no Estado para as mulheres são sub-17 (que permite meninas a partir de 14 anos) e profissional. Não é como o universo masculino, que tem torneios para garotos de 11, 13, 15, 17, 20 e 23, além do profissional.

A diferença que há de investimento entre os gêneros no futebol e até mesmo de visibilidade entre os torneios e os clubes impossibilita que a criação de novas categorias siga uma ordem cronológica, isto é, 11, 13 e 15.

"No feminino fazemos o processo de trás para frente. Nós temos a categoria principal consolidada, que reúne atletas a partir de 20 anos, e depois a sub-17. Um dos principais objetivos desse festival sub-14 é fomentar o esporte entre as meninas para que daqui um ou dois anos a Federação tenha um torneio na categoria sub-15. Quando tivermos um sub-15 consolidado, vamos olhar o sub-13, depois o sub-11. Vamos fazer o caminho contrário", disse Aline Pellegrino, que é coordenador da modalidade na Federação Paulista e foi jogadora de futebol.

De fato, já é possível observar uma evolução.

O festival em Araraquara é o segundo torneio sub-14 feminino da Federação Paulista. Neste ano serão 13 equipes e 28 partidas no total. Ano passado foram cinco e 11 partidas em um dia só, no Centro Olímpico, em São Paulo.

"É um festival que tem um aspecto lúdico, mas tem também a ideia de competição. As equipes que jogarem menos vezes farão pelo menos três jogos. As que chegarem na final farão seis. Vai ter medalha de participação para todo mundo. A ideia é em dois dias estimular e dar visibilidade para as meninas", disse Aline.

Dois estádios da cidade vão ser usados para isso. A Arena da Fonte, que é o palco mais conhecido da cidade, e o estádio Candido de Barros. As equipes ficarão hospedadas na cidade e os custos serão divididos entre a Federação Paulista, a Secretaria de Esportes de Araraquara e eventuais patrocinadores do festival.

A programação prevê partidas nos dias 19 e 20 das 8h até 11h30 (de Brasília), terminando 12h, e depois das 14h até 17h (também de Brasília). Não será cobrado ingresso para o público e haverá lanchonetes nos locais.

Entre os 13 participantes, estarão clubes como Audax, Ferroviária, Inter de Limeira, Rio Branco e São José, equipes amadoras, como Bonfim Recreativo, Caldeirão, Centro Olímpico, Tiger Academia, Rezende, Franca, e times de projetos sociais, como PS9 e Ginga Real.

"Temos expectativas de ter 260 atletas nesses dois dias. Será uma grande vitrine para todos os clubes, especialmente porque as categorias sub-17 podem se reforçar com jogadores de 14 anos", disse Aline.