<
>

Presidente do River Plate acusa Real Madrid de agir pelas costas para contratar meia Exequiel Palacios

O presidente do River Plate Rodolfo D'Onofrio acusou o Real Madrid de comportamento desonesto por negociarem com o meia Exequiel Palacios pelas costas do clube argentino.

Palacios tem 20 anos e também está sendo ligado ao Barcelona e a Inter de Milão desde sua estreia pela seleção principal da Argentina, em uma vitória contra a Guatemala em um amistoso internacional.

Foi reportado que o Real Madrid poderia fechar uma transferência de 20 milhões de euros em janeiro, mas D'Onofrio disse ao jornal Marca que ficou chocado com a atitude do clube merengue.

“Nós achávamos que era tudo falso até agora, mas não era. Foi confirmado pelo empresário dele e nós, no River, estamos surpresos que uma instituição honrada como o Real Madrid negociaria diretamente com o jogador, pelas costas, sem respeitar um clube como o River Plate”.

“Isso não corresponde à ligação histórica que temos com o Real, vinda da era de Alfredo Di Stéfano até hoje”, completou.

No começo desta semana, o empresário de Palacios, Renato Corsi, negou qualquer contato com o Real Madrid e disse que a Inter estava interessada em um jogador que, supostamente, está sendo monitorado pelo secretário técnico do Barcelona, Ramon Planes.

Informações na Argentina dizem que o River está tentando aumentar a cláusula rescisória do jogador de 15 para 30 milhões de euros.

O Real Madrid investiu pesado no mercado brasileiro nas recentes janelas de transferências, com Vinicius Júnior, que custou 45 milhões de euros, estreando como titular nesta semana, além do atacante Rodrygo, que acertou uma transferência de 54 milhões de euros para o próximo verão europeu.