<
>

San Lorenzo sofre com onda de assaltos em seu estádio e não quer mais jogar à noite em casa

play
Fantasy: monte toda semana um time de 8 jogadores com os melhores do futebol internacional (0:30)

Você pode montar seu time da Premier League, da LaLiga ou da Uefa Champions League (0:30)

O San Lorenzo vive uma situação difícil. Na noite da última quinta-feira, o clube divulgou um comunicado no qual pede à Superliga Argentina que não marque seus jogos em casa no período da noite, devido à onda de assaltos nos arredores do Nuevo Gasómetro.

Nas últimas partidas, diversos torcedores que foram ao estádio que fica no bairro de Flores sofreram com violência e roubos. O próprio presidente do clube, Matías Lammens, pediu que a situação seja resolvida.

“Não podem seguir expondo nossos torcedores e sócios”, disse em comunicado.

“Faz anos que que se repetem episódios de insegurança na área. Faz anos que advertimos sobre a situação. Enviamos cartas a diferentes instâncias governamentais, à AFA e à entidade que você preside (Mariano Elizondo, preside da Superliga). Tristemente, pouco ou nada foi feito”, explica a carta.

A próxima partida do grande argentino em casa está marcada para quarta-feira, 19h, diante do Temperley, pela Copa Argentina.