<
>

Di María faz golaço nos acréscimos, e PSG arranca empate com Napoli em casa

play
PSG x Napoli: Neymar leva 'chute' de Cavani, sente fortes dores e precisa até sair de campo (0:22)

O atacante brasileiro quase foi substituído por conta da batida sem querer no colega uruguaio (0:22)

Depois de sete vitórias em sete jogos, o Paris Saint-Germain perdeu os 100% em casa na temporada. Porém, poderia ter sido pior. Aliás, o empate por 2 a 2 com o Napoli no Parque dos Príncipes, nesta quarta-feira, pela Uefa Champions League, saiu com gosto de vitória. Isso porque os donos da casa perdiam por 2 a 1 até os acréscimos, quando Di María acertou um belíssimo chute colocado de fora da área para definir a igualdade.

Antes de o argentino definir o placar, Insigne, com um golaço, havia aberto o marcador, Mário Rui, contra, empatara. Dries Mertens tinha deixado os visitantes novamente à frente.

Com o resultado da partida válida pela terceira rodada do grupo C, o Liverpool assumiu a liderança da chave com seis pontos somados, após golear o Estrela Vermelha. O Napoli, com cinco, vem na sequência. O PSG é o terceiro, com quatro unidades. Os sérvios estão zerados.

Agora, os dois times voltarão a campo no domingo, por seus respectivos campeonatos nacionais. O Paris Saint-Germain irá ao Vélodrome, às 17h (de Brasília), para encarar o Olympique de Marselha. Um pouco antes, às 16h30, o Napoli receberá a Roma no San Paolo.

Pela Champions League, italianos e franceses irão duelar novamente em 6 de novembro (terça-feira), às 18h, em Nápoles.

1º tempo: Os primeiros minutos até sugeriram uma pressão e domínio do PSG. Porém, os italianos fizeram um jogo parelho e criaram as melhores oportunidades. No total, foram sete finalizações (duas no gol) para cada lado no primeiro tempo.

Logo com 1min, Cavani e Neymar foram finalizar a mesma bola, e o brasileiro levou a pior precisando de atendimento médico. Pouco depois, o uruguaio errou o alvo. Mbappé também levaria perigo com um chute para fora.

Com o tempo, o Napoli se soltou e criaria a melhor chance do jogo até então, aos 23min. Mário Rui levantou da esquerda, e Mertens concluiu no travessão. Cinco minutos depois, o placar foi inaugurado. Callejón deu belo passe nas costas de Kimpembe, e Insigne completou com um belo toque por cobertura diante do goleiro Areola.

2º tempo: Na volta para a etapa final, os donos da casa foram para cima. Aos 4min, Neymar tabelou com Mbappé e exigiu boa defesa de Ospina. Dois minutos depois, Meunier cabeceou após chute desviado de Di María, e Ospina voou para fazer grande intervenção.

A resposta veio aos 14min, com chute da entrada da área de Mertens que Areola defendeu. No minuto seguinte, saiu o empate. Meunier recebeu de Mbappé e cruzou da direita. Mário Rui deu o carrinho para fazer o corte, mas acabou desviando contra a própria meta, enganando Ospina.

Aos 31min, os franceses voltariam a ficar atrás no placar. Fabián viu seu chute ser bloqueado por Marquinhos, e a bola sobrou para Metens estufar a rede. O belga e Insigne, com oito gols cada, são os maiores artilheiros da história do Napoli na Champions.

Cinco minutos depois, Neymar parou em Ospina em cobrança de falta. A igualdade viria só aos 47min, com Neymar puxando o contra-ataque e passando para Mbappé. A bola, porém, acabou sobrando para Di María, que chutou colocado no ângulo, sem chances para Ospina