<
>

Vírus data Fifa: veja as vítimas nas seleções que podem desfalcar suas equipes

play
Fantasy: monte toda semana um time de 8 jogadores com os melhores do futebol internacional (0:30)

Você pode montar seu time da Premier League, da LaLiga ou da Uefa Champions League (0:30)

Amistosos, partidas da Liga das Nações da Uefa e da Copa das Nações Africanas tomaram conta dos últimos dias do futebol internacional na já famosa data Fifa.

Mas enquanto as seleções entram em campo com seus jogadores, os clubes correm o risco de perderem suas estrelas para lesões em partidas consideradas menos importantes.

E foi exatamente isso que aconteceu com sete nomes relevantes de Liverpool, Bayern de Munique, Barcelona e Manchester City. É o vírus data Fifa se espalhando pela Europa.

Naby Keita - Liverpool e Guiné

O último dos lesionados do Liverpool foi Naby Keita. O meia sofreu uma lesão na perna durante o jogo entre Guiné e Ruanda, que terminou em empate por 1 a 1 pela fase de classificação para a Copa Africana de Nações. Ele precisou ser substituído no intervalo.

Não se sabe a gravidade da lesão, mas a tendência é que ele seja avaliada pelos médicos do Liverpool logo que chegar à Inglaterra.


Sadio Mané - Liverpool e Senegal

Antes dele, quem também sofreu em um jogo de sua seleção foi o atacante Mané. E ele só aumentou a lista de problemas para o Liverpool - os outros estão logo abaixo.

Mané machucou a mão esquerda enquanto defendia Senegal na partida contra o Sudão, pela Copa das Nações Africanas. Ele, inclusive, foi levado ao hospital para realizar exames.

Ainda não se sabe a gravidade, mas os médicos do Liverpool pretendem avaliar a situação do camisa 10 dos Reds quando ele voltar para a Inglaterra.

O time de Jurgen Klopp encara o Huddersfield Town pela Premier League no próximo sábado.


Mohamed Salah - Liverpool e Egito

O terceiro nome do Liverpool que preocupa para a próxima rodada da Premier League é Salah.

O atacante sentiu uma lesão muscular na vitória do Egito sobre a Suazilândia, por 4 a 1 - com gol olímpico do próprio Salah.

Ele já até foi liberado da seleção para voltar a Liverpool para fazer novos testes e seguir sua recuperação. No sábado, a Federação Egípcia de Futebol liberou uma nota confirmando que ele não estaria à disposição da seleção para o jogo seguinte, já nesta terça-feira.

Hany Ramzy, auxiliar do Egito, disse que o problema de Salah não parece ser sério. Já Javier Aguirre, treinador da seleção, criticou o gramado do estádio Al-Salam, em Cairo, onde o jogador se lesionou.

A notícia da contusão causou certa polêmica nos últimos dias, com a notícia de que o Liverpool teria pedido para Salah ser poupado - algo que foi negado pelos egípcios.


Virgil van Dijk - Liverpool e Holanda

O quarto motivo para a dor de cabeça de Klopp vem da Holanda.

Na verdade, o zagueiro Van Dijk já sofria com problemas físicos antes de se apresentar à seleção. O treinador holandês Ronald Koeman afirmou, nesta terça, que o jogador estava atuando há quase um mês com duas costelas quebradas - sofridas na partida contra o PSG, pela Champions League, em setembro.

O zagueiro de 27 anos agravou a contusão na partida seguinte, contra o Southampton, quando chegou a pedir para ser substituído. Desde então, ele encarou a dor para estar em campo contra Chelsea, Napoli e Manchester City.

Van Dijk marcou na vitória da Holanda por 3 a 0 sobre a Alemanha, no sábado. Mas ele foi dispensado do jogo contra a Bélgica, que terminou com empate de 1 a 1, depois de uma consulta feita com o próprio Liverpool.

Koeman ainda se mostrou preocupado com a situação do zagueiro, alertando que ele estaria tomando injeções para suportar a dor.


Jerome Boateng - Bayern de Munique e Alemanha

O zagueiro alemão foi mais um a deixar a partida entre Alemanha e Holanda com problemas físicos.

Boateng, de 30 anos, sentiu contusão na panturrilha durante a derrota por 3 a 0. Ele já deixou a seleção e voltou para a Munique.

Em nota oficial, o Bayern apontou para o fato de que o treinado Joachim Low não substituiu Boateng, mesmo ele demostrando dor com a lesão

"Ele sofreu a lesão durante a derrota para a Holanda, na noite de sábado, quando Boateng jogou os 90 minutos. Low escolheu não fazer a substituição", diz o texto publicado pelo clube.

O Bayern vai a campo neste sábado, quando visita o Wolfsburg pela Bundesliga.


Thomas Vermaelen - Barcelona e Bélgica

O Barcelona teve mais um problema em sua defesa quando o zagueiro Thomas Vermaelen se machucou na partida entre Bélgica e Suíça.

Vermaelen deve ficar pelo menos seis semanas afastado para se recuperar da lesão na perna direita.

A baixa só aumenta a crise que vive a defesa do Barça antes de jogos contra Sevilla - no sábado -, Internazionale e Real Madrid. O treinador Ernesto Valverde já está sem Samuel Umtiti, que sofreu lesão no joelho no começo da temporada.


Danilo - Manchester City e Brasil

Já no jogo entre Brasil e Argentina, quem tem motivos para lamentar é Pep Guardiola e o Manchester City. Isso porque o lateral Danilo, que se machucou no início da Copa do Mundo, voltou a sentir uma lesão e teve que ser substituído por Tite ainda no início da segunda etapa por causa de uma entorse no tornozelo esquerdo.

Depois da partida, o médico Rodrigo Lasmar não quis estimar um prazo de recuperação antes da realização de uma ressonância magnética, mas adiantou que pode não ser dos mais rápidos. Depende do que o exame vai apontar: problemas ligamentares, edema ósseo ou somente a torção no local.

E o problema físico deixa claro o tremendo azar do atleta com a camisa da seleção. Durante o Mundial, ele sentiu um problema no tornozelo esquerdo após o primeiro jogo e não conseguiu mais entrar em campo. Nesta terça, quando voltou a atuar pelo Brasil, novamente se machucou.