<
>

Barcelona: Jornal espanhol detona Vidal e diz que chileno tem 'mais escândalos que títulos'

Em meio à situação polêmica do meio-campista Arturo Vidal no Barcelona, o chileno vem recebendo fortes críticas da mídia espanhola. Nesta sexta-feira, por exemplo, o As fez análise completa do caso e bateu forte no jogador sul-americano.

"O Barça contratou Vidal em 3 de agosto por 19 milhões de euros. E, apenas dois meses depois, ainda não tem claro se contratou uma solução ou um problema", diz trecho do artigo.

O diário destacou que o atleta não tem a confiança do técnico Ernesto Valverde, que só o utilizou em 17,7% dos minutos do Barcelona na temporada, e lembrou que o chileno não cansa de se envolver em confusões, principalmente com alfinetadas em seu Instagram.

"Esses últimos problemas confirmam que o meio-campista segue a tendência dos últimos anos e tem mais protagonismo fora do terreno de jogo do que dentro", detonou.

"Desde que deslumbrou o mundo na Juventus e apresentou um rendimento que depois o levou ao Bayern, Vidal só jogou 49,4% dos minutos possíveis. Dá para dizer que, nesse tempo, ele teve mais escândalos (16) do que títulos (8)", disparou.

Entre os vários problemas que Vidal se meteu nos últimos anos, houve problemas com a polícia, com bebidas, com carros, com companheiros de equipe, com diretores e com treinadores, só para citar alguns.

Em entrevista recente ao jornal Marca, o sul-americano garantiu que os emojis com caras bravas e irônicas que usa em suas redes sociais não são direcionados a Ernesto Valverde.

“Eu não estou feliz, mas se eu tiver um problema com o técnico, vou dizer isso na sua cara”, disse.

“Como vou estar feliz se eu não jogo? Eu, de todas as pessoas. Sou uma pessoa que sempre lutou, e esteve nos melhores times do mundo, ganhou todos os campeonatos e quer continuar a ganhar no Barça”, continuou.

“Eu estou bem fisicamente e estou feliz. Nos últimos jogos, fiquei um pouco irritado, mas é assim mesmo, vamos continuar batalhando. Ainda há muitos jogos importantes pelas frente, e vamos ver no que dá”, finalizou.