<
>

Son perde pênalti, mas Coreia do Sul vence Uruguai em amistoso

Nesta sexta-feira, Coreia do Sul e Uruguai se encontraram em amistoso realizado em Seul, capital sul-coreana. No Seul World Cup Stadium, os donos da casa triunfaram por 2 a 1, com Ui-Jo Hwang e Woo-Young Jung anotando para os asiáticos e Vecino diminuindo para os sul-americanos.

O time comandado por Óscar Tabárez volta a campo na próxima terça-feira, em novo amistoso, desta vez contra o Japão, na cidade de Saitama. Os Tigres Asiáticos, por sua vez, medem forças com o Panamá, em Cheonam.

Os primeiros 45 minutos do amistoso foram marcados pelo equilíbrio. A Coreia do Sul teve mais posse de bola, mas, com dificuldades para criar no último terço do campo, viu o Uruguai ser mais perigoso ofensivamente.

A seleção sul-americana levou um susto no começo, na cabeçada de Hee-Chan Hwang, que lambeu a trave direita logo aos seis minutos de jogo. A partir de então, só a Celeste chegou perto de abrir o placar. Primeiro com Nandez, dentro da área, chutando para fora. Depois com Vecino, arriscando da entrada da área e também errando o alvo. Pouco antes do intervalo, Stuani subiu bem e levou a melhor pelo alto, cabeceando a bola, que novamente saiu em tiro de meta para os asiáticos.

Na volta dos vestiários, a Coreia do Sul continuou mais ativa em campo, desta vez com mais agressividade. A primeira oportunidade clara surgiu aos 20 minutos, quando Coates cometeu falta na área e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, porém, Son bateu mal e mandou para fora do gol. Nada que abalasse os sul-coreanos, que abriram o placar um minuto depois, com Hwang aproveitando o rebote dentro da área e mandando para dentro.

A reação uruguaia teve início aos 28, e fim aos 34. Primeiro, Torreira chegou ao fundo e tocou para Vecino, que, dentro da área, só teve o trabalho de completar para a rede, igualando o marcador em Seul. No entanto, a alegria durou pouco e Woo-Young Jung tratou de recolocar a Coreia na dianteira, aproveitando cruzamento após cobrança de escanteio.

A Celeste pressionou no final e por pouco não chegou ao empate novamente. Contudo, a bola não entrou e sacramentou a vitória dos asiáticos.