<
>

Agüero chega a 32 gols na Champions, City vira na Alemanha no fim e vence a primeira

Sergio Agüero comemora o gol que marcou no jogo contra o Hoffenheim, na Alemanha Getty Images

O Manchester City sofreu, mas conseguiu vencer a primeira na Uefa Champions League. Após perder em casa para o Lyon, o time inglês foi à Alemanha para enfrentar o Hoffenheim nesta terça-feira, em jogo válido pela 2ª rodada da fase de grupos. Na Rhein Neckar Arena, 2 a 1 a para os Citizens, de virada, para alívio de Guardiola. Belfodil abriu o placar, Agüero deixou tudo igual, e David Silva marcou o gol do triunfo inglês.

Com o resultado, a equipe de Guardiola subiu para a 2ª colocação provisória (ainda pode ser ultrapassado pelo Shakhtar Donetsk) do Grupo F da Champions, com 3 pontos em 2 jogos. Derrotado, o clube alemão desceu para o 3º lugar, com 1 ponto.

E os brasileiros? Ederson e Fernandinho foram titulares do City, enquanto Gabriel Jesus nem saiu do banco. Joelinton, atacante que passou pelo Sport, jogou os 90 minutos da derrota alemã.

OS GOLS

O Hoffenheim saiu na frente logo aos 45 segundos do primeiro tempo. Kerem Demirbay enfiou a bola para Ishak Belfodil, que recebeu na frente de Aymeric Laporte na linha da grande área, dominou de direita e bateu de esquerda, na saída de Ederson.

O Manchester City não demorou muito para empatar. Aos 6 minutos, David Silva deu lindo passe para Leroy Sané. O atacante alemão entrou sozinho na área, olhou e deu a assistência para Sergio Agüero, que chegou na frente de 2 marcadores, ajeitou e bateu para o fundo do gol. Essa é 32ª vez que o argentino balança as redes em jogos de Champions League.

O gol da virada inglesa saiu apenas aos 41 minutos da etapa final. Após cruzamento de Bernardo Silva, Stefan Posch vacilou e perdeu a bola para David Silva. O meio-campista espanhol bateu de canhota e venceu o goleiro Oliver Baumann. 2 a 1 para o City!

32 VEZES AGÜERO

O gol que Agüero marcou nesta terça foi o 32º do argentino em jogos de Champions League. O atacante balançou as redes 5 vezes com a camisa do Atlético de Madrid e, a partir de 2011, pelo City, foram mais 27 tentos.

O CSKA Moscou, da Rússia, é a equipe que mais levou gols do camisa 10 no torneio: 5 em 3 jogos. E dois times já tomaram um hat-trick dele: Bayern de Munique, em 2014, e Borussia M'gladbach, em 2016.

EDERSON QUASE ENTREGA

Aos 13 minutos do segundo tempo, o goleiro brasileiro saiu correndo para tentar cortar um contra-ataque do Hoffenheim, mas se atrapalhou no tempo de bola e acabou passando dela, dando apenas uma raspadinha para atrás. Sorte do camisa 31 que Sané estava por perto para afastar o perigo.

GÜNDOGAN LESIONADO NOVAMENTE

O alemão İlkay Gündogan precisou sair de campo aos 22 minutos da etapa final. O volante sentiu uma lesão e deixou o jogo com a mão na parte posterior da coxa esquerda. Vale lembrar que o jogador tem um histórico de problemas musculares. O português Bernardo Silva entrou em seu lugar.

GABRIEL JESUS NÃO SAI DO BANCO

Após ser titular na derrota para o Lyon em Manchester, Gabriel Jesus nem saiu do banco na partida desta terça-feira. O atacante brasileiro viu John Stones entrar no lugar de Nicolás Otamendi, Bernardo Silva na vaga de İlkay Gündogan, e Riyad Mahrez ir ao jogo na posição de Raheem Sterling.

AGENDA

Ainda na tarde desta terça-feira, Lyon e Shakhtar Donetsk entram ação pelo Grupo F. O time francês quer dar importante passo rumo à classificação, podendo ficar na liderança isolada da chave.

A próxima rodada acontece apenas no dia 23 de outubro. O Manchester City vai à Ucrânia para enfrentar o Shakhtar Donetsk, às 16h00 (de Brasília). No mesmo horário, o Hoffenheim recebe o Lyon.