<
>

Flamengo: Com Bandeira de Mello, técnico dura em média cinco meses no cargo

A gestão Eduardo Bandeira de Mello está a meses de acabar no Flamengo, e se há uma coisa que ficou marcada nesses quase seis anos de presidência foi a troca de técnicos.

Nesta sexta-feira, Mauricio Barbieri - interino desde o fim de março, efetivado em junho como treinador - acabou demitido depois da eliminação na semifinal da Copa do Brasil para o Corinthians.

Com isso, o clube rubro-negro vai atrás do 14º técnico na era Bandeira para esses três meses que restam de 2018, no qual ainda briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

Em cinco anos e nove meses, o presidente não conseguiu começar e encerrar uma temporada com o mesmo treinador.

A média de permanência de cada técnico no comando do Fla com Bandeira de Mello é de apenas cinco meses.

Dorival Junior, Jorginho, Jayme de Almeida, Ney Franco, Vanderlei Luxemburgo, Cristóvão Borges, Oswaldo de Oliveira, Zé Ricardo - quem ficou mais tempo à frente da equipe, 15 meses - Paulo Cesar Carpegiani e Barbieri foram demitidos.

Mano Menezes e Reinaldo Rueda pediram para sair, enquanto Muricy Ramalho se afastou por problemas de saúde.