<
>

Junior Barranquilla sai na frente de algoz do São Paulo na Sul-Americana

Getty

O Junior Barranquilla saiu na frente na briga por uma vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira, o time colombiano recebeu o Colón, que eliminou o São Paulo na segunda fase da competição, no estádio Metropolitano de Barranquilla, na Colômbia, pelo jogo de ida das oitavas do torneio continental, e não decepcionou sua torcida, saindo de campo com o importante triunfo por 1 a 0, gol de Barrera.

Com o resultado, os colombianos agora jogam por um empate no próximo dia 4 de outubro, quinta-feira, no estádio Brigadier General Estanislao López, na Argentina, também conhecido como Cemitério de Elefantes pelo fato de vários grandes clubes sul-americanos terem perdido lá.

O jogo

O Junior Barranquilla deu seu cartão de visitas logo aos nove minutos no estádio Metropolitano. Rafa Pérez participou de boa trama no ataque, e Díaz tentou finalizar de meia bicicleta, mandando próximo à trave do goleiro adversário e assustando os argentinos do Colón. Pouco depois, aos 12 minutos, foi a vez de Sebastián Hernández arriscar, batendo firme, e carimbar a trave dos visitantes.

Daí em diante o Colón conseguiu se segurar mais na defesa e quando não conseguia desarmar os donos da casa na bola, apelava para as faltas. Desta maneira, o Junior Barranquilla teve de se conformar com a igualdade sem gols no placar mesmo iniciando o confronto de maneira avassaladora na Colômbia.

Na etapa complementar, o Junior Barranquilla seguiu mostrando que era bem superior ao time que eliminou o São Paulo da Copa Sul-Americana e só era parado através de faltas.

A persistência do Colón, no entanto, não durou por muito tempo e aos 27 minutos, enfim, os argentinos acabaram sofrendo gol graças a Barrera, que aproveitou a confusão na defesa rival para empurrar a bola para o fundo da rede.

Antes do apito final, o Junior Barranquilla ainda teve a chance de assegurar uma vantagem ainda maior para o jogo de volta, contudo, não teve tanta sorte.

Aos 31 minutos do segundo tempo, Moreno recebeu bom passe de Teo Guitérrez, mas na hora de finalizar não foi tão feliz assim e acabou desperdiçando a ótima oportunidade.