<
>

Furacão e Paraná fazem clássico com cara de decisão às avessas

Com campanhas irregulares, mas ainda assim bem diferentes dentro do Campeonato Brasileiro, Atlético Paranaense e Paraná Clube fazem neste domingo, às 16 horas (de Brasília), na Arena da Baixada, um clássico que pode significar sobrevida ou desespero dentro da competição. O Furacão segue fora da zona de rebaixamento e ainda sonha em beliscar algo mais. Já o Tricolor, lanterna, está cada vez mais próximo do retorno à Série B.

Envolvido também na Copa Sul-americana, pela qual no meio de semana bateu o Caracas na Venezuela, com uma viagem desgaste, o Furacão deve poupar alguns jogadores para a partida. O técnico Tiago Nunes adiantou que a questão física vai pesar em sua decisão final. “Sabíamos que iríamos pagar um preço caro por causa dessa questão de desgaste. Necessariamente, precisamos rodar o grupo e oportunizar que todos joguem”, avaliou.

Paulo André já estava fora, já que recebeu o terceiro cartão amarelo. Além dele, a tendência é pelas saídas do lateral-direito Jonathan, dos meias Lucho González e Raphael Veiga e dos atacantes Pablo e Marcinho. As mudanças, entretanto, podem ser ainda maiores, dando oportunidade para nomes de peso como Thiago Heleno, Guilherme, Marcelo Cirino, Bergson e Rony.

O Tricolor da Vila aposta todas suas fichas em uma reação história a partir do clássico. No entendimento da comissão técnica, esse é o jogo perfeito para superar os traumas e ganhar moral para uma arrancada. Um tropeço, por sua vez, deixará apenas remotas chances matemáticas de permanência. Para a partida, o técnico Claudinei Oliveira não contara com laterais Junior e Igor, vetados pelo departamento médico. A boa notícia fica por conta dos retornos do zagueiro Cleber Reis e do atacante Silvinho.

O goleiro Richard destacou a importância do confronto, encarado como uma decisão, e quer mostrar que o clube ainda não jogou a toalha no Brasileirão. “O clássico pode mudar e uma vitória nos dá ânimo, confiança e força para sair dessa situação. Sabemos que ainda podemos sair. A gente se motiva diariamente, pensa que vai ter essa reação e esse jogo pode nos dar moral”, finalizou.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR X PARANÁ CLUBE

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 23 de setembro de 2018, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus FIFA SP

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP)

ATLÉTICO-PR: Santos; Reginaldo, Zé Ivaldo, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Guilherme; Rony, Bergson e Marcelo Cirino.

Técnico: Tiago Nunes

PARANÁ: Richard; Wesley Dias; Cleber Reis, René Santos e Mansur; Leandro Vilela (Torito González), Alex Santana, Caio Henrique e Nadson; Silvinho e Grampola.

Técnico: Claudinei Oliveira