<
>

Napoli: Dono chama estádio de 'pesadelo' e quer time jogando Champions a 256 km da cidade

O Estádio San Paolo, do Napoli, antes de partida do Italiano em 2016 Getty Images

O polêmico presidente do Napoli, Aurelio De Laurentiis, voltou a fazer barulho nesta terça-feira ao tecer fortes críticas ao estádio do clube, o San Paolo, e anunciar uma decisão extremamente controversa.

Em entrevista ao Corriere dello Sport, o cineasta anunciou que a equipe celeste mandará seus jogos da Uefa Champions League no estádio San Nicola, em Bari, a 256km de Nápoles.

Tudo porque o San Paolo, inaugurado em 1959 e reformado pela última vez em 2010, é um "pesadelo" e está totalmente fora do padrão Uefa.

"O San Paolo é um pesadelo. Necessita uma série de modificações para adequar-se às normas internacionais e serão necessários ao menos dois anos para realizar uma reforma desse tipo", afirmou.

"É uma pena. Por isso, decidir não criar mais polêmicas e construir meu próprio estádio. Ponto final. Não podemos seguir nessa situação", complementou.

O magnata ainda revelou que irá usar seu próprio dinheiro para financiar as viagens da torcida.

"Já pedi à Uefa para que nos autorize a jogar as partidas de Champions em Bari. Em troca, estou disposto a pagar 1.000 ônibus do meu próprio bolso para que os fãs possam assistir aos jogos no San Nicola", ressaltou.

"A primeira vez que estive no San Nicola, que comporta 58.270 torcedores, me dei conta de que era um senhor estádio! Está um pouco largado, mas em relação ao San Paolo... Alguns jogadores quando viam nosso estádio pela primeira vez queriam ir embora do Napoli", finalizou.

A viagem entre Nápoles e Bari leva entre 2h30 e 3h.

O clube celeste está no grupo C da Liga dos Campeões, ao lado de Liverpool-ING, Paris Saint-Germain-FRA e Estrela Vermelha-SER.