<
>

No primeiro jogo em casa após o título da Copa, França bate a Holanda pela Nations League

play
Mbappé e seleção da França fazem festa em trote, mas Kanté cruza os braços e ignora a gritaria (0:53)

Volante da seleção campeã mundial simplesmente sorriu enquanto outros jogadores cantavam (0:53)

O domingo foi dia de festa na França. Isso porque pela primeira vez depois de conquistar a Copa do Mundo, a seleção atuou dentro de casa e não decepcionou os torcedores presentes ao Stade de France, em Paris, vencendo a Holanda pelo placar de 2 a 1 em jogo válido pela Nations League.

Os tentos da partida, válida pela segunda rodada da nova competição europeia, foram marcados pela jovem estrela Kylian Mbappé e Olivier Giroud, encerrando seu jejum, em favor dos donos da casa, além de Babel, para os visitantes. Em sua estreia na disputa, os franceses ficaram somente no empate sem gols com a Alemanha.

Com a vitória, a França assumiu a liderança do Grupo 1 da Nations League, com quatro pontos em dois jogos, à frente da Alemanha, que tem um e a Holanda, que ainda está zerada. As duas equipes jogaram apenas uma vez na competição.

O próximo jogo desse grupo é apenas no dia 13 de outubro, na próxima data Fifa, quando holandeses e alemães se enfrentam. A França só volta à campo pela competição três dias depois, quando encara novamente a Alemanha.

O JOGO

Os primeiros dez minutos de partida foram de total pressão dos campeões do mundo. No primeiro lance de jogo, Mbappé exigiu boa defesa de Cillessen; aos nove, o atacante do PSG teve a oportunidade em cabeceio, mas novamente parou no arqueiro; por fim, Lucas Hernandez arriscou de longe, mas não colocou força na bola, deixando a vida do goleiro holandês fácil. A única chance da Holanda veio pelos pés de Promes, em chute que passou triscando a trave de Areola.

Quando o relógio da etapa inicial marcava 13 minutos, a França inaugurou o marcador. Após bate e rebate na área, Matuidi aproveitou vacilo da defesa holandesa, que recuou mal a bola, para somente cruzar rasteiro e servir Mbappé na cara do gol: 1 a 0 e festa da torcida presente no Stade de France.

A superioridade dos comandados de Didier Deschamps não cessou após o tento. Com muito mais posse de bola e número de finalizações, os donos da casa quase fizeram o segundo em nova finalização de Lucas Hernandez: o lateral recebeu bela bola de Griezmann, por detrás da defesa, mas mandou por cima da meta defendida por Cillessen.

Depois do domínio mandante no embate e o tento inaugural, o jogo deu uma esfriada. Mesmo sem o mesmo ímpeto ofensivo, a França conseguiu conter a seleção adversária, que sequer teve uma finalização em direção ao gol de Areola no primeiro tempo.

Na etapa final, a Holanda não esboçava nenhuma recuperação no confronto até a marca de 20 minutos, quando Wiijnaldum recebeu na entrada da área, avançou livre e chutou para a fora. O surpreendente tento holandês, entretanto, viria logo em seguida.

Depois de bela jogada trabalhada, Tete avançou pela direita em velocidade. O camisa 2 holandês cruzou na medida para dentro da área, onde a bola encontrou o atacante Babel, que foi de encontro a bola. Areola não conseguiu fazer a defesa à queima-roupa e o placar ficou igualado.

Pouco depois, a justiça confirmou-se no confronto e a França voltou à frente do placar. Mendy cruzou para a área e Giroud, que não marcou sequer um gol na campanha vitoriosa da Copa do Mundo, conseguiu pôr fim a sua seca: 2 a 1 e vitória garantida.

Confira os outros resultados deste domingo da Liga das Nações

Liga B

Ucrânia 1 x 0 Eslováquia

Dinamarca 2 x 0 País de Gales

Liga C

Bulgária 1 x 0 Noruega

Chipre 2 x 1 Eslovênia

Liga D

Geórgia 1 x 0 Letônia

Macedônia 2 x 0 Armênia

Liechtenstein 2 x 0 Gibraltar