<
>

Liverpool toma o lugar do City? E o surpreendente Watford? A 'ordem das forças' da Premier League após um mês

Agosto. O primeiro mês de Premier League já passou.

Depois de quatro rodadas, Liverpool, Chelsea e o surpreendente Watford seguem perfeitos em 2017-18. Mas toda a tabela mostra como os times começaram empolgando ou decepcionando.

Por isso, o ESPN.com.br voltou a ordenar as forças da liga no segundo Power Ranking do ano (relembre aqui o primeiro).

1.Liverpool
Ranking anterior: 2º

Jurgen Klopp agora tem um elenco recheado à sua disposição – Fabinho, inclusive, nem chegou a estrear -, e o sonho da torcida de finalmente celebrar a conquista nacional está mais vivo do que nunca. O começo com 100% de vitórias em quatro jogos não deixa mentir. - Antônio Strini


2. Manchester City
Ranking anterior: 1º

Josep Guardiola parece buscar espaço para os diversos jogadores de ataque disponíveis (Leroy Sané, por sinal, acabou “sumindo” do time). O empate com o Wolverhampton foi o momento de baixa até o momento, mas a briga pelo bi promete ser acirrada com o Liverpool. - Strini


3.Chelsea
Ranking anterior: 4º

O início de competição não poderia ter sido melhor para o Chelsea. As boas atuações de Jorginho ajudaram à adaptação de seus companheiros ao sistema Maurizio Sarri, que já acumula quatro vitórias em quatro jogos – incluindo um clássico contra o Arsenal. - Matheus Sacramento


4. Watford
Ranking anterior: 18º

O Watford é dono da grande história da Premier League após quatro rodadas. Afinal, são quatro vitórias para o time de Javi Gracia. Os três primeiros jogos foram contra outros times do meio de tabela, mas a virada sobre o Tottenham mostra que o Watford não está para brincadeira - e que pode atrapalhar até mesmo os gigantes. - Matheus Zucchetto


5.Tottenham
Ranking anterior: 3º

Eram três vitórias em três partidas. O atropelo sobre o United em Old Trafford, com show de Lucas, serviu para empolgar os Spurs. Mas a derrota para o Watford foi um gigantesco balde de água fria sobre Pochettino e cia. Seria injusto colocar o Tottenham à frente do rival da última rodada. - Zucchetto


6. Bournemouth
Ranking anterior: 14º

Perdeu a partida que todos esperavam, mas custando muito ao Chelsea. Por outro lado, somou sete pontos em nove possíveis, transformando-se em uma das surpresas deste início de Premier League. A luta contra a queda começou animadora para Eddie Howe. - Strini


7.Everton
Ranking anterior: 7º

Os seis pontos em 12 possíveis certamente são decepcionantes para a torcida do Everton – especialmente pela tabela. Ainda que invicto, o time de Liverpool acumulou empates com Bournemouth, Huddersfield (em casa) e Wolverhampton, muito pouco para a expectativa que se criou com as transferências. - Sacramento


8.Arsenal
Ranking anterior: 6º

Duas derrotas esperadas com pedreiras pela frente (Manchester City e Chelsea), duas vitórias na conta em duelos de recuperação. O time de Unai Emery ainda está em formação, com um novo esquema de jogo e peças a serem colocadas, e dá sinais de melhora. - Strini


9.Manchester United
Ranking anterior: 5º

Investimento alto, retorno baixo até agora. A equipe de José Mourinho teve um início medíocre na Premier League, e as críticas chegaram com toda a força sobre os Red Devils. A “síndrome do terceiro ano” do técnico português terá seguimento? - Strini


10. Leicester
Ranking anterior: 10º

Após a decepcionante temporada pós-título, o Leicester está em busca de uma nova identidade com Claude Puel, e o início da Premier League fez os torcedores se empolgarem mesmo com as derrotas para Manchester United e Liverpool. - Strini


11. Wolverhampton
Ranking anterior: 13º

O Wolverhampton começou seu ano como era esperado: empate com o Everton e derrota fora de casa para o Leicester. O que aconteceu depois é a justificativa para que o time pudesse crescer na lista: empate com o Manchester City em um bom jogo e vitória fora de casa sobre o West Ham. - Zucchetto


12. Southampton
Ranking anterior: 15º

Uma vitória, um empate e duas derrotas. Danny Ings tem sido o principal nome do time desde que chegou aos Saints. Com os quatro pontos conquistados em quatro rodadas, o Southampton segue fazendo o que pretende fazer: se afastar da zona de rebaixamento. - Zucchetto


13. Brighton
Ranking anterior: 17º

Chris Hughton conseguiu manter o BHA na elite sem grandes sustos na última temporada, e o começo no Campeonato Inglês já teve até uma vitória sobre o poderoso Manchester United. Com parcos investimentos, a equipe não deverá sonhar alto. - Strini


14. Fulham
Ranking anterior: 16º

A boa notícia para o Fulham está na artilharia, na qual o clube londrino ocupa o topo da tabela com os quatro gols de Aleksandar Mitrovic (empatado com Sadio Mané). Derrota esperada para o Tottenham à parte, são quatro pontos em três jogos. Poderia ser mais, não fosse o revés em casa diante do Crystal Palace. - Sacramento


15. Crystal Palace
Ranking anterior: 12º

A derrota para o Southampton em casa não estava nos planos do time londrino, que mais uma vez inicia mal o campeonato. Vale ressaltar, porém, que duas das três derrotas na competição foram para times fortes: o favorito Liverpool e o surpreendente Watford. - Sacramento


16. Huddersfield
Ranking anterior: 19º

O Huddersfield ainda não venceu na competição, mas a tabela foi dura com os Terriers. Após tomar 9 a 1 agregados da dupla Chelsea-Manchester City, foi mal ao empatar em casa com o Cardiff em confronto direto para fugir da degola. Ao menos, conquistou um ponto no Goodison Park diante do Everton. - Sacramento


17. Newcastle
Ranking anterior: 9º

O time do Norte saiu atrás no placar nos três duelos contra grandes na atual edição da Premier League (Tottenham, Chelsea e Manchester City), empatou, mas acabou perdendo no final. O elenco não reflete o único ponto conquistado, mas o desempenho precisa melhorar. - Strini


18. Cardiff
Ranking anterior: 20º

Elenco mais limitado do Campeonato Inglês, o time galês somou dois pontos após quatro rodadas e continua sendo o principal candidato a cair para a segunda divisão. A dura partida contra o Arsenal, no entanto, traz esperança à torcida. - Strini


19.Burnley
Ranking anterior: 11º

Envolvido com a Europa League (já eliminado na fase preliminar), o time de Sean Dyche largou mão do início de temporada em casa e só conquistou um ponto. Agora com o foco totalmente na Premier League, a tendência é a melhora na tabela – e no desempenho. - Strini


20.West Ham
Ranking anterior: 8º

Decepção total. O West Ham chegou à temporada como um dos clubes que mais investiram. Agora, quatro jogos depois, o time tem a pior campanha da Premier League: quatro derrotas e pior defesa da liga. O suficiente para o nome de Manuel Pellegrini ser ainda mais questionado. - Zucchetto