<
>

Morre Claudiomiro, autor do primeiro gol do Beira-Rio pelo Internacional

play
Antero Greco lamenta morte de Claudiomiro: 'Foi um jogador marcante' (1:59)

Um dos grandes nomes da história do Internacional morreu na noite desta sexta-feira, em Canoas (1:59)

Um dos grandes nomes da história do Internacional morreu na noite desta sexta-feira, em Canoas. O ídolo Claudiomiro, de 68 anos, foi encontrado sem vida na sua residência. Ele ficou marcado por ter feito o primeiro gol da história do Beira-Rio. Ainda não foram divulgadas informações sobre o sepultamento e velório.

Em seu site oficial, o Colorado publicou uma nota lamentando o ocorrido e exaltou os feitos do centroavante nos anos 1960 e 1970. A sua estreia pelos profissionais do Inter aconteceu com 16 anos e, quando tinha 18, marcou o gol contra o Benfica, de Portugal, na inauguração do Gigante, em 1969.

Devido à sua imposição física, ganhou o apelido de Bigorna e atuou ao lado de outros grandes atletas, como Sérgio, Dorinho e Bráulio. Além de suas qualidades excepcionais como centroavante, tinha como qualidade ser um exímio cavador de pênaltis. Claudiomiro possuía velocidade e dominava bem a bola com os dois pés, sendo o dono absoluto da camisa 9 do Internacional entre 1967 e 1973.

Pelo Inter, marcou 210 gols e até hoje é o terceiro maior artilheiro da história do clube, ficando apenas atrás de Carlitos (485) e Bodinho (235). Claudiomiro também teve passagens por Botafogo, Flamengo, Caxias e Novo Hamburgo. Ele encerrou a carreira de jogador em 1979.

Nome: Claudiomiro Estrais Ferreira

Nascimento: 3 de abril de 1950, em Porto Alegre

Carreira:
Internacional: 1967 – 1974
Botafogo: 1975 – 1975
Flamengo: 1976 – 1977
Caxias: 1978 – 1978
Internacional: 1979 – 1979
Novo Hamburgo: 1979 – 1979

Títulos:
Campeonato Gaúcho – 1969 – Internacional
Campeonato Gaúcho – 1970 – Internacional
Campeonato Gaúcho – 1971 – Internacional
Campeonato Gaúcho – 1972 – Internacional
Campeonato Gaúcho – 1973 – Internacional
Campeonato Gaúcho – 1974 – Internacional