<
>

Espanhol se recusa a ser reserva de Benzema e não deve voltar ao Real Madrid

Mariano, ex-atacante do Real Madrid que jogou na temporada passada pelo Lyon, disse em março ao programa de TV El Larguero, da Espanha, que "retornar ao Bernabéu seria incrível", mas as chances disso acontecer são mínimas.

Contratado em 2017 por 8 milhões de euros pelo time francês, ele marcou 21 gols e sete assistências.

Depois destes números, o time merengue tentou repatriá-lo para reforçar o ataque e encontrar um concorrente para Benzema. O técnico Lopetegui queria seu retorno e o via como uma opção melhor que Mayoral e De Tomás, mas não conseguiu persuadi-lo.

Mariano entende que não pode parar sua evolução e voltar a ser reserva. Ele foi para o time do Real Madrid principal em 2016, jogou apenas 302 minutos e marcou cinco gols (uma média de um gol a cada 60 minutos) antes de aceitar a oferta de Lyon.

A intenção do clube merengue era incluir no contrato de transferência uma opção de recompra, como ele fez com Casemiro, que acabou voltando depois de brilhar no Porto. Mas na França essas cláusulas são proibidas.

O Real Madrid poderia no máximo ter direito de preferência de compra.

Com ofertas de vários clubes, o jogador pode sair do time francês por 25 milhões de euros, sendo que o Real Madrid tem 40% dos seus direitos