<
>

'Novatos' da Premier League contam com tradição, legião portuguesa e 'intruso' estrangeiro

Considerada por muitos a melhor liga do futebol mundial, a Premier League está de volta. Nesta sexta, o duelo entre Manchester United x Leicester, com transmissão ao vivo e exclusiva da ESPN Brasil e do WatchESPN a partir das 15:50, abre a temporada 2018/2019 do futebol inglês, iniciando a corrida para desbancar o Manchester City de Pep Guardiola, atual campeão com pontuação recorde na história do campeonato.

Contudo, na outra parte da tabela, três equipes iniciam a competição com objetivos mais modestos. Vindos da Championship, segunda divisão na Inglaterra, Cardiff, Fulham e Wolverhampton retornam à elite do futebol britânico buscando a permanência e - quem sabe - vôos mais altos.

O ESPN.com.br fez um levantamento dos ‘novos’ integrantes do campeonato para mostrar os motivos que os podem fazer surpreender na temporada.

Cardiff City

Retornando à primeira divisão depois de cinco anos, o Cardiff City chega credenciado como vice-campeão da Championship - dois pontos à frente do terceiro colocado, Fulham. A posição, inclusive, foi assegurada apenas na última rodada, graças a um tropeço da equipe londrina.

Com o acesso, os galeses também terão uma curiosidade ao seu lado neste ano. A equipe será a única agremiação não-inglesa a disputar a competição, “substituindo” o Swansea, rebaixado na temporada passada.

Para o retorno à Premier League, o Cardiff conta com a manutenção do elenco para surpreender os adversários. Sem saídas de impacto na base do time, o clube manteve os destaques na campanha do acesso: o atacante canadense Junior Hoilett, o dinamarquês Kenneth Zohore e o lateral escocês Callum Peterson - responsáveis por 28 dos 69 gols da equipe na Championship. Assim como eles, o volante islandês Aron Gunnarsson permanece no elenco após renovar seu contrato por mais um ano.

A principal contratação do time para a temporada foi o ala Josh Murphy, ex-Norwich, autor de 11 gols em 47 partidas disputadas na temporada passada. O inglês foi adquirido por 11 milhões de libras. Além dele, chegaram o lateral Greg Cunningham, do Preston North End, o arqueiro Alex Smithies, do QPR, e os meias Bobby Reid, do Bristol, e Harry Arter, do Bournemouth.

Estreando no sábado, fora de casa, contra o Bournemouth, o time buscará iniciar a temporada com o pé direito, para não repetir a campanha da última aparição na Premier League, quando acabou na lanterna da competição.

Fulham

Tradicional equipe londrina, o Fulham também assegurou seu retorno à Premier League nesta temporada após cinco anos fora da elite britânica - e com pitadas de dramaticidade, vale ressaltar.

A equipe brigou até a última rodada com o Cardiff pelo acesso direto, mas perdeu a última partida para o Birmingham e terminou na terceira posição, sendo obrigada a disputar os playoffs da Championship. Na semifinal, os Cottagers reverteram a vantagem do Derby County para fazer 2 a 1 no placar agregado e chegar à final. No duelo, contra o Aston Villa, vitória por 1 a 0 para assegurar o tão esperado retorno.

E a permanência parece estar sendo levada a sério em Craven Cottage. O time investiu pesado em reforços para garantir a manutenção na elite, confirmando a contratação em definitivo do atacante sérvio Mitrovic junto ao Newcastle por 22 milhões de libras.

Além dele, foram contratados o meia marfinense Seri, destaque do Nice, por 18 milhões de libras - com direito a um “chapéu” no rival Chelsea - junto com o zagueiro Chambers e os atacantes Schürrle e Vietto, emprestados por Arsenal, Borussia Dortmund e Atlético de Madrid, respectivamente.

Com a torcida empolgada e com expectativa alta, a equipe estreia no clássico regional contra o Crystal Palace, neste sábado, em casa, para mostrar logo de cara que poderá alçar vôos mais altos no futebol inglês.

Wolverhampton

Três vezes campeão inglês nos anos 50, o Wolverhampton é o mais tradicional time dentre os “novatos” da Premier League - e também a que está a mais tempo sem atuar na liga. Desde que foi rebaixado, em 2012, foram seis temporadas longe da elite britânica, chegando até a ser rebaixado para a terceira divisão, em 2013/2014.

Contudo, os tempos de crise ficaram para trás. Com uma campanha impecável, os Wolves garantiram o acesso com quatro rodadas de antecedência, além do título na rodada seguinte, ficando nove pontos à frente do segundo colocado, Cardiff.

Para a temporada 2018/2019, a equipe também não mediu esforços para ter um bom elenco. Com o bom relacionamento dos donos do clube com o empresário português Jorge Mendes, uma legião portuguesa chegou ao clube - são 7 no elenco, com destaque para o goleiro Rui Patrício, do Sporting, e o meia João Moutinho, do Monaco, além do promissor volante Ruben Neves, contratado no ano passado junto ao Porto.

Além deles, a promessa Adama Traoré, revelado pelo Barcelona, também chegou após pagamento da multa rescisória junto ao Middlesbrough, no valor de 18 milhões de libras. A manutenção da equipe campeã também foi prioridade, com as contratações em definitivo do zagueiro Boly, do lateral Vinagre e do ala Diogo Jota, junto ao Porto, Monaco e Atlético de Madrid, respectivamente.

Estreando em casa, contra o Everton, também no sábado, a equipe “luso-britânica” tentará manter a boa fase e corresponder às expectativas da sua torcida, para, quem sabe, surpreender e retomar o passado de glórias.

Confira os jogos da primeira rodada da Premier League:

Sexta-feira (10/08)
16:00 - Manchester United x Leicester - AO VIVO na ESPN Brasil e no WatchESPN

Sábado (11/08)
08:30 - Newcastle x Tottenham - AO VIVO na ESPN Brasil e no WatchESPN
11:00 - Huddersfield x Chelsea - AO VIVO na ESPN Brasil e no WatchESPN
11:00 - Bournemouth x Cardiff - AO VIVO no WatchESPN
11:00 - Watford x Brighton - AO VIVO na ESPN+ e no WatchESPN
11:00 - Fulham x Crystal Palace - AO VIVO na ESPN e no WatchESPN
13:30 - Wolverhapton x Everton - AO VIVO na ESPN Brasil e no WatchESPN

Domingo (12/08)
09:30 - Southampton x Burnley - AO VIVO na ESPN e no WatchESPN
09:30 - Liverpool x West Ham - AO VIVO na ESPN Brasil e no WatchESPN
12:00 - Arsenal x Manchester City - AO VIVO na ESPN Brasil e no WatchESPN