<
>

Brasileiro marca, e Lyon vence Benfica pela International Champions Cup

Pela International Champions Cup, o Lyon conseguiu boa vitória sobre o Benfica, por 3 a 2. Após abrir dois a zero com Marcelo e Traore, os franceses cederam empate aos portugueses, que fizeram com Pizzi e Marcelo, contra. Porém, faltando cerca de cinco minutos para o fim do jogo, Terrier deu números finais ao confronto, 3 a 2.

O Benfica começou a partida melhor, apostando em saídas rápidas pelo lado esquerdo do campo.

Aos nove minutos, o Lyon chegou pela primeira vez com certo perigo. Traore dominou pelo lado esquerdo, conduziu para o meio, mas, na hora do chute, foi desarmado pela marcação portuguesa.

A principal chance do primeiro tempo, até então, foi dos franceses. Diaz escapou com velocidade na ponta direita, cruzou para a área e o goleiro deu rebote. Na sequência, Depay pegou de primeira, mas mandou longe, por cima do gol.

Aos 23 minutos, após receber um toque por trás do adversário, Depay se descontrolou e foi advertido com cartão amarelo.

Três minutos mais tarde, Salvio foi acionado na ponta direita, pedalou para cima do adversário e finalizou com força, na trave esquerda do Lyon.

Com 31 minutos de partida, Ferreyra dominou na área, cortou para trás e mandou longe, sem perigo para Gorgelin.

Os franceses quase fizeram o primeiro aos 35. Após troca de passes na área, Traore arrematou e Odisseas espalmou. Na sequência, em bela jogada individual de Depay, o camisa 11 finalizou com violência e o goleiro defendeu mais uma vez.

Com 40 minutos, a pressão surtiu efeito. Após cobrança de escanteio na área, o brasileiro Marcelo subiu mais que todo mundo e, de cabeça, mandou para o fundo do gol, sem chances para o goleiro.

O segundo do Lyon veio aos 44. Traore recebeu em velocidade, carregou para o meio e, com categoria, acertou o canto direito Odisseas.

Logo na primeira jogada da etapa final, Pizzi conduziu pela direita, invadiu a área e, mais uma vez, a bola foi na trave dos franceses.

O Benfica continuou pressionando o adversário, mas seguiu pecando no arremate final.

Após tanto insistir, aos 14 minutos, os portugueses diminuíram. Salvio enfiou linda bola na área, Pizzi dominou e tocou na saída do goleiro, belo gol.

O empate do Benfica não demorou a sair. Cinco minutos após o tento de Pizzi, após cruzamento vindo da esquerda, Marcelo tentou cortar, mas mandou contra, 2 a 2.

Após levar o empate, o Lyon conseguiu voltar à frente do placar aos 39. Em ótima jogada pela direita, Cornet invadiu a área, rolou para trás e Terrier, aproveitando cochilo da marcação, só tocou para as redes.