<
>

Presidente do Bayern critica Ozil: 'Há anos que seu jogo é um lixo, só brilha contra San Marino'

A aposentadoria de Mesut Ozil da seleção da Alemanha não foi motivo de tristeza para alguns alemães. Entre eles está o presidente do Bayern de Munique , Uli Hoeness, que criticou muito o meia do Arsenal.

“Estou contente que terminou esse pesadelo. Faz anos que seu jogo é um lixo, e ele só brilha contra San Marino. Cada vez que jogávamos contra o Arsenal a gente o buscava pois sabíamos que era o ponto fraco do time”, afirmou Hoeness.

Ozil anunciou sua aposentadoria da seleção neste domingo e disse ter sofrido preconceito por conta de sua foto com o presidente turco Recep Erdogan.

“O que mais me frustou nos últimos meses foi o mal-tratamento que recebi da DBF e particularmente do presidente Reihnard Grindel. Após minha foto com o Presidente Erdigan, Joachim Low pediu que eu encurtasse minhas férias e fosse para Berlim para esclarecer tudo. Enquanto eu tentava explicar para Grindel sobre minhas origens e ancestralidade e, consequentemente, a razão por trás da foto, ele estava mais interessado em sua própria visão política e depreciar minha opinião”, explicou o atleta, que disse ainda não querer continuar como “bode expiatório para sua (Grindel) incompetência e incapacidade de fazer seu trabalho. Mas quando dirigentes do alto escalão da DFB me tratam como eles fizeram, desrespeitando minhas origens turcas e egoisticamente me transformando em propaganda política, então chega. Não é para isso que eu jogo futebol, e eu não vou sentar e não fazer nada a respeito. Racismo não deveria nunca ser aceito."

O presidente do Bayern ironizou essa explicação: “Faz anos que ele não acrescenta nada para a seleção, e agora ele se defende e defende a m...do seu jogo atrás dessa foto.”