<
>

Atlético de Madrid acerta com centroavante que 'boicotou' Croácia na Copa do Mundo

No estreia da seleção croata na Copa do Mundo da Rússia, apesar da vitória por 2 a 0 contra a Nigéria, um episódio negativo chamou a atenção de todos.

Após ter começado a partida no banco de reservas, o atacante do Milan Nikola Kalinic se recusou a entrar em campo nos minutos finais do confronto, alegando que ''havia sentido uma repentina lesão nas costas'', gerando ira no técnico da equipe, Zlatko Dalic, e no elenco que viria a se tornar vice-campeão mundial.

O centroavante acabou sendo expulso do grupo croata na Rússia, e ainda não se sabe se terá direito a receber a medalha pela segunda colocação no Mundial.

Entretanto, o episódio parece não ter interferido nos planos do Atlético de Madrid. O clube colchonero, segundo o jornal Marca, já teria firmado um acordo junto ao Milan para contar com o croata.

Os termos da negociação, inclusive, já estariam estabelecidos: Kalinic, tecnicamente, viria por empréstimo nesta temporada, mas o Atlético teria a obrigação de adquiri-lo em definitivo ao fim da atual campanha, precisando desembolsar 18 milhões de euros (cerca de R$80 milhões) em maio de 2019.

Embora o anúncio ainda não seja oficial, a publicação indica que é apenas questão de tempo para a transação ser oficializada tanto pelos espanhóis quanto pelo Milan.