<
>

Não é só no Brasil que calendário é uma bagunça: no meio da Copa, tem jogo da Champions

play
Campeã da Copa do Mundo? Veja quais astros brilhariam na seleção da Iugoslávia (2:05)

Como seria o time se o antigo país não tivesse se dividido em diferentes nações (2:05)

Não é somente o futebol brasileiro que está em plena atividade durante a Copa do Mundo. Até mesmo a Uefa Champions League e a Europa League tiveram suas primeiras partidas eliminatórias durante a competição de seleções. Os representantes das federações com o menor coeficiente da Europa entraram em campo. O jornal espanhol Marca listou as maiores curiosidades deste período.

Arshavin jogando em Andorra
Andrei Arshavin foi uma das estrelas da Eurocopa 2008, quando chegou às semifinais com a Rússia. Depois de algumas temporadas no Arsenal, sua carreira despencou até que ele assinou com o Kairat, do Cazaquistão. Aos 37 anos, ele foi o titular na vitória por 3 a 0 contra o Engordany, de Andorra. Apesar do placar, o russo não balançou as redes.

Luxemburgo: 4 jogos e apenas uma derrota
Nesta temporadas, as três equipes de Luxemburgo defenderam a pequena federação europeia (a 48ª do ranking da UEFA). O Dudelange conseguiu um empate em casa por 1 a 1 contra o Videoton-HUN na Liga dos Campeões, enquanto Fola Esch empatou (0 a 0) contra o Prishtina, de Kosovo. O Racing perdeu por 2 a 0 para o Viitorul-ROM.

Estreia de Gerrard
Os maiores clubes da Escócia já entraram em disputa. O Celtic venceu o Alashkert, da Armênia, por 3 a 0, enquanto os Rangers derrotaram em Ibrox Park o Shkupi, da Macedônia por 2 a 0. Foi o primeiro jogo europeu para Steven Gerrard como treinador do time escocês.

Liechtenstein
O pequeno Liechtenstein não tem uma liga própria (seus clubes jogam o Campeonato Suíço), mas o vencedor da Copa do país joga as competições da Europa. O Vaduz, time da capital, começou sua jornada com uma vitória surpreendente contra o Levski Sofia, da Bulgária, por 1 a 0.

Jogador das Bermudas fez gol na Europa
Pela primeira vez na história, um jogador nascido nas Bermudas marcou um gol em uma competição continental europeia. Parfitt-Williams, formado no West Ham, balançou as redes três vezes pelo time esloveno Rudar na goleada por 7 a 0 contra o Tre Fiori, de San Marino. Foi a maior goleada até aqui somando Liga Europa e Champions League

Muitos goleadores
Besart Ibraimi, jogador do Shkendija marcou quatro gols na goleada por 5 a 0 contra o The New Saints na Europa League. O nigeriano Akinyemi, de apenas 19 anos, também fez quatro gols na vitória do Ventspilspor 5 a 0 sobre o Luftëtari. Rigino Cicilia fez um hat-trick na vitória do Suduva, da Lituânia, sobre o APOEL, do Chipre, por 3 a 1. O polonês Swierczok, do Ludogorets, da Bulgária, entrou aos 23 minutos do segundo tempo e marcou três gols em apenas sete minutos. O time búlgaro venceu o Crusaders, da Irlanda del Norte, por 7 a 0. Kamberi anotou um triplete pelo NSÍ Runavík, das Ilhas Faroé.

Islândia surpreende
Pela Champions League, o Valur, da Islândia, venceu por 1 a 0 o Roseborg, da Noruega. Os islandeses têm a vantagem do empate no jogo de volta.