<
>

Stones e Kane entram em seleta lista que conta com Lukaku, Robben, Fenômeno, Batistuta e carrascos do 7 a 1

A vitória por 6 a 1 da Inglaterra para cima do Panamá, mais do que deixar os ingleses na liderança do Grupo G da Copa do Mundo, ainda colocou o zagueiro John Stones, autor de dois gols no jogo e o atacante Harry Kane, que marcou três vezes , em um seleto grupo de dois jogadores do mesmo time que marcaram mais de uma vez no mesmo jogo.

Antes deles, apenas cinco duplas haviam conseguido o feito em jogos de Copa do Mundo. Os argentinos Ariel Ortega e Gabriel Batistuta na vitória sobre a Jamaica, em 1998, mesmo ano em que Ronaldo e César Sampaio também marcaram duas vezes cada contra o Chile. No Mundial de 2014, outras duas oportunidades: Robin Van Persie e Arjen Robben na goleada por 5 a 1 da Holanda para cima da Espanha e os alemães Andre Schurrle e Toni Kroos no fatídico 7 a 1.

A última dupla a fazer isso conseguiu o feito bem recentemente: neste sábado, pelo mesmo Grupo G em que está a Inglaterra, Romelu Lukaku e Eden Hazard marcaram duas vezes no 5 a 2 da Bélgica sobre a Tunísia.

Além disso, a Inglaterra igualou Bélgica e Rússia como os melhores ataques da Copa até aqui, com oito gols. Harry Kane é o artilheiro máximo, com cinco, um a mais do que Cristiano Ronaldo e Lukaku.