<
>

Neymar 'sem-vergonha', lágrimas e vitória do Brasil na Copa repercutem em jornais europeus e argentino

play
Neymar cai no choro e artista recria cena emocionante da vitória brasileira (0:30)

Seleção Brasileira venceu a primeira na Copa e camisa 10 balançou as redes (0:30)

A vitória dramática do Brasil nos acréscimos da segunda etapa contra a Costa Rica pela Copa do Mundo repercutiu em jornais no mundo inteiro.

Os gols de Coutinho e Neymar ganharam algum destaque, mas foi o comportamento do camisa 10 que, novamente, recebeu a maior parte dos holofotes.

O jornal francês L'Équipe publicou uma manchete com: 'O Brasil respira melhor', em alusão que a vitória tirou um pouco da pressão que a seleção sofria desde o empate contra a Suiça. O pênalti anulado pelo VAR e o choro de Neymar após a partida também foram destacados.

No entanto, o jornal espanhol Mundo Deportivo focou principalmente no meia ex-Barcelona: "Neymar não engana o VAR e Brasil vence nos acréscimos' foi a principal chamada do triunfo brasileiro. Coutinho também teve o seu espaço por ter sido eleito o melhor em campo pela 2ª vez.

O diário da Argentina Olé ressaltou a vitória brasileira com "Pare de sofrer!", destacando outra atuação abaixo do esperado e como o empate complicava a situação da seleção no grupo da Copa do Mundo. O título foi em alusão a um programa argentino famoso de auto-ajuda.

Por fim, o jornal britânico The Sun focou no camisa 10 da seleção brasileira. "Neymar cai nas lágrimas após os dois gols nos acréscimos que garantiram a vitória depois da confusão com o VAR" foi a manchete da partida.

Depois, um artigo de opinião chamou o meia de "Sem-vergonha", afirmando que a lambreta, a caída exagerada e o choro pós jogo dividiram opiniões em relação a Neymar.